28 de out de 2013

Animê: Jormungand


Dessa vez, é um animê mais pesado, onde envolve disputas de vendas de armas entre grupos guerrilheiros em várias partes do mundo. A protagonista Koko Hekmatyar, uma jovem de cabelos brancos, é a mentora de um grupo guerrilheiro cujo um dos integrantes está um garotinho chamado Jonah. Ele possui uma tremenda habilidade no manuseio de armas, apesar de ser uma criança.


O animê é, praticamente, uma história com muitas disputas sangrentas e cenas gratuitas de violência. Não recomendado a menores de 16 anos e a pessoas que odeiam ver sangue e morte. Eu, particularmente, não ligo muito para violência na mídia, mas não é meu favorito de se ver, tanto que esses dias, tenho evitado de assistir filmes violentos. Mas resolvi acompanhar Jormungand pois já tinha o animê no meu HD.


Minha opinião, o animê não me surpreendeu muito, mas as cenas de violência e de Jonah matando uma galera foram marcantes. a estória é boa, mas nada tão empolgante. O ponto positivo do animê é o traçado bem detalhado dos personagens e das animações.


Eu recomendo esse animê para quem não liga para cenas de violência e também para o protagonista adolescente matando uma galera, hehehe.

2 comentários:

  1. O Jonah é meio psicopata.
    Eu completaria dizendo que é um animê inteligente. Os personagens e os fatos são sensatos.
    Concordo com as 3 estrelas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os personagens são sensatos, porém nada carismáticos. hehehe.

      Excluir