25 de mai de 2011

TED: A Influência Oculta das Redes Sociais

Quando a gente comenta algo sobre "Redes Sociais", muita gente já associa ao Facebook, Orkut, Twitter, etc. Mas o conceito de "Redes Sociais" é muito mais do que isso.

Estamos todos inseridos em vastas redes sociais de amigos, família, colegas de trabalho e outras. Abaixo, disponibilizo uma palestra de Nicholas Christakis, professor de Medicina e Sociologia da Universidade de Harvard, na qual mostra o monitoramento de como uma ampla variedade de características -- de felicidade à obesidade -- pode se difundir de pessoa a pessoa, demonstrando como sua localização na rede pode impactar sua vida, de maneiras que você nem saiba, influenciando também na questão da política, da economia e das guerras armadas de hoje.

(PS: Desta vez, é um tema que tem tudo a ver com o título deste blog. O vídeo tem opção para legenda em português. Se puder reservar um tempinho para assistir ao vídeo abaixo, vale a pena)

20 de mai de 2011

Animê: Capeta

Este é um animê baseado no mangá de mesmo nome, onde o protagonista Taira Capeta conhece as emoções de pilotar um kart e desperta seu enorme interesse em competições de corrida, mostrando todo seu talento, onde, no começo, utilizava um kart muito limitado, mas que conseguia surpreender a todos com seu talento no volante. Taira tinha 10 anos quando sentiu a emoção de ganhar um kart feito por seu pai, onde este, batalhava muito em seu trabalho para manter o sonho de Capeta. Sem a presença da mãe de Capeta (falecida desde quando o protagonista era bebê), o pai sempre ficava preocupado em deixar Capeta sozinho enquanto ele trabalhava. Mas Capeta é um menino muito atencioso, dedicado nas tarefas de casa e esforçado, no qual o pai se orgulhava muito dele.

Ao longo da estória, Capeta consegue montar seu time para participar de competições de kart, como se fosse igual a uma mini Fórmula 1, que aliás, seu sonho é justamente participar da F-1 e superar seu maior rival, Minamoto Naomi (dois anos mais velho que ele). Com a ajuda de seu pai e de seus amigos, capeta vai ministrando a dedicação dos treinos de kart com seus estudos e trabalho.

"Capeta" segue um estilo tradicional que explora habilidades dos protagonistas em vários esportes, assim como foi em "The Prince of Tennis", "Captain Tsubasa" e "Hikaru no Go". Mostra ao máximo, toda sua habilidade e dedicação durante as provas, explorando sempre o lado emocional do protagonista e dos expectadores. Os personagens, ao longo da estória, vão crescendo, se tornando cada vez mais habilidosos e chegam à categoria profissional, onde vão disputar campeonatos de nível nacional e mundial. No caso, Capeta irá chegar à F-1. Será que superaria Aguri Suzuki ou Satoru Nakajima?


O animê Capeta tem 52 episódios e fora criado em 2006.

16 de mai de 2011

Mais Memes

Me divirto com as tirazinhas com memes nos sites. É claro, se você os conhecer. Já publiquei aqui alguns memes que conheci e me diverti muito. Bom, não preciso dizer aqui o que são memes né?

É sempre assim. Quando há algum evento de grande repercussão na mídia, grande chance de virar meme, ou então algum mané publica um vídeo caseiro e por ironia da praga da internet, o conteúdo acaba se espalhando e reproduzindo exaustivamente. Mas muitos são bem engraçados... Bom, acho que isso é típico de pessoas que não tem o que fazer na internet... como eu, né? :p

- Mamilos!!

É só mais um desocupado que posta algo sem sentido que acaba meio que bombando por aí. Acho que esse menino vai sofrer muito bullying ainda...

clique para ver em tela maior

A origem disso... aqui.

- Morre Diabo e Okay

O primeiro já é clássico da mídia policial. Dispensa explicações. O segundo é mais um meme que mostra uma expressão de decepção, mas aceita o fato do mesmo jeito.


A origem do Morre Diabo; aqui (atenção, contém palavras de baixo calão).

- Daminha do Casamento do William e Kate

Pra mim, o que chamou mais atenção mesmo não foi o casamento em si, mas a figura da daminha tapando suas orelhas na sacada. Acho que ela não aguentava mais ouvir os berros dos "plebeus".


- Meme "Maldito" ou "Eu sou muito burro"

Esse sempre aparece por aí (aparece sempre no último quadrinho de cada tirinha), mas não descobri sua origem. Só pode ser no 4chan. Alguém sabe realmente?


- Me Gusta

O meme é utilizado sempre que há um momento estranho ou nojento, e em vez de dizer algo pejorativo ou algo negativo como: "Eca, isso é grave", ele responde com "Me Gusta", que significa "eu gosto" em espanhol. Outro que não sei sua origem, provavelmente mais um do 4chan.


- Que dó, que dó

Mais um viral do YouTube e mais um com criancinhas, onde um garotinho fica com dó do "assassinato" de formiguinha. Não durou muito para virar meme também.


Vídeo da "fomiguinha" link

Provavelmente, vou postando mais alguns memes nos próximos blogs, para não encher muito num post apenas. Para quem não gosta disso, sorry, hehehe. :)

9 de mai de 2011

Educação: o Único Meio para o Progresso de uma Nação

Essa semana, vi uma reportagem na Globo sobre as péssimas condições de higiene e armazenamento dos alimentos para as merendas escolares em todo o Brasil. É aquela mesma história: Negligência na fiscalização dos alimentos, falta de limpeza nas cozinhas, produtos vencidos sendo oferecidos às crianças, desvio de verbas, etc...

Vídeo: Qualidade da Merenda Escolar no Brasil

Até quando o Brasil irá conviver com mais esses descasos à sociedade? Será que basta apenas tentar caçar os responsáveis e puni-los? O que a gente vê é um festival de culpar sempre o outro: "Não é da minha responsabilidade, fale com o fornecedor", diz o funcionário. "Com certeza, tem que ver com a administração da escola", diz o fornecedor. "A gente está fazendo tudo certo. O responsável é na fiscalização da prefeitura", dizem os diretores. Ou seja, "Eu não sou o culpado. Fale com o Fulano".


Enquanto todos discutem, a sociedade vai sofrendo com os erros consequentes da falta de ética e comprometimento da cidadania. Brasileiro tem uma cultura de querer sempre jogar a responsabilidade nos outros, tentando se isentar de qualquer culpa. Ao mesmo tempo, tais responsáveis faltam com a ética e o bom senso, levando sempre em mente, seus interesses pessoais.

Está mais que provado que a única maneira de cortar o mal pela raiz de uma nação é na iniciativa em se investir cada vez mais na educação. A criança sem educação e sem ética, será o adulto negligente, ignorante e corrupto de amanhã. Como é que o Brasil quer tentar ingressar como uma das maiores economias do mundo, se seu ranking na educação é um dos mais baixos? (perdemos para Argentina, Uruguai, Peru e Paraguai, por exemplo). Em 2010, o Brasil perdeu 12 posições no índice de educação feito pela Unesco, o braço da ONU (Organização das Nações Unidas) para a educação e a cultura. A queda, do 76º para o 88º lugar entre 128 países, ocorreu principalmente em razão da piora no índice de crianças que chegam até a quarta série.

Os primeiros lugares ficaram com Noruega, Japão e Alemanha. Os últimos, com Etiópia, Mali e Niger, todos no continente africano. O Brasil só não é pior entre a maioria dos países africanos. Falando em Japão, deixo abaixo, uma reportagem do Bom Dia Brasil, mostrando como é o sistema educacional das escolas japonesas na hora da merenda escolar. Exemplo que mostra que a cidadania desde pequeno é que faz o progresso de uma nação.

Vídeo: Educação na Merenda Escolar no Japão

5 de mai de 2011

Computadores como Professores

E chegamos a mais uma eterna discussão entre ensino tradicional e ensino computacional.

Recentemente, o cofundador da Apple, Steve Wozniak, declarou que, um dia, um computador pode ser um professor, já que a tecnologia está chegando a um ponto em que os aparelhos feitos hoje em dia têm praticamente todos sensores presentes em seres humanos como visão, audição e movimento; e esses aparelhos poderiam se tornar uma espécie de “amigo”, muito mais que apenas tablets. Além disso, segundo Wozniak, os sistemas educacionais não se adaptaram às necessidades atuais das crianças, com escolas aderindo filosofias de ensino de cima para baixo, fazendo com que a escola, em si, é uma força muito restritiva sobre a criatividade. E ainda, quando as crianças vão às aulas, realizam as mesmas páginas nos livros, gastando as mesmas horas que todos os outros, sendo assim, cada criança não vai ao seu próprio ritmo. Se cada criança tivesse seu próprio computador como um professor personalizado, elas conseguiriam aprender com melhor rendimento e no seu próprio ritmo, diz Woz.

Sim, o computador tem um ponto positivo na educação, porque até então, o conceito de ensino era o professor despejar o conhecimento e o aluno aprender passivamente. Hoje em dia, quando o aluno tem a postura de buscar a informação que deseja, o aprendizado é muito facilitado, pois o aluno estará motivado para aprender com mais interesse. Entretanto, em minha opinião, o computador não pode substituir o professor “de carne e osso”. A função básica do professor, como indutor de um processo de educação/aquisição de conhecimento, sempre existirá, apenas mudará a forma de sua função se ministrar as aulas. E, interação humana (seja professor-aluno e aluno-aluno) no processo de ensino-pedagógico é mais que fundamental, coisa que a tecnologia apenas pode complementar e nunca substituir.

A criança de hoje é mais ativa, com televisão, video-games e até com seu próprio computador e está acostumada com coisas que acontecem rapidamente na frente das telinhas. Portanto, o computador é capaz de deixar a aula mais atraente e interativa. Além disso, o aluno pode explorar o que ele quer, na ordem em que desejar, enquanto na aula expositiva precisa seguir aquela linha de explicações. É claro que isso impõe moderação e cabe sim, aos pais essa educação.


O professor hoje precisa se manter atualizado, precisa buscar o apoio da informática para a sala de aula, não deve ter medo ou achar que o computador vai substituí-lo, precisa deixar esse preconceito de lado. Estamos vivendo um processo muito rápido, o professor que abrir mão desse conhecimento novo fica para trás logo e não estará ajudando o processo de ensino de seus alunos.

Ou você acha que a SKYNET poderá ser uma realidade? :)