21 de fev de 2010

J-Dorama (I): Densha Otoko (電車男)


Tenho assistido algumas novelinhas japonesas, chamadas J-DORAMAS. Diferentemente das novelas tradicionais, J-DORAMAS são de curta duração (como se fossem as mini-séries brasileiras), são exibidas uma vez por semana no Japão e não todos os dias e, geralmente, não são tão enrolativas como as novelas tradicionais. Assim como os "animês", os "doramas" japoneses têm feito sucesso gradativamente a nível mundial e cada vez mais "fansubs" têm disponibilizado legendas em várias línguas.

"Densha Otoko" ("Homem Trem" na tradução literal) é um daqueles mais "lights" comedianas, com alguma dramatização, onde um "otaku" de carteirinha, que nunca namorou na vida, conhece uma garota que a "salva" de um maníaco numa viagem de trem (daí o nome Densha Otoko). A partir daí, ele resolve entrar num fórum na internet para pedir conselhos amorosos, usando seu nickname do título da novela.

"Densha Otoko", apesar, de ter uma abertura totalmente "animezada", não tem nada de animê, a não ser por causa da "otakice" do personagem principal, que, por sinal, nunca vi um personagem gaguejar e chorar tanto. Às vezes, chega até ser irritante. São muitas situações onde ele se mete em apuros por causa do seu jeito super tímido de ser. Seus amigos, otakus também, têm personalidades um tanto esquisitas e isso pode achar que muitos otakus são desse jeito, o que não é verdade. Otakus também são gentes (risos).

Também deu para se notar que, mesmo sendo um J-Dorama, os atores tentam criar um clima de animê, fazendo caretas e falando do mesmo jeito de personagens de animês, o que pode ser estranho no começo, mas depois, dá para se acostumar. A história é bem light, com várias pitadas de humor.

Aliás, quem sempre teve curiosidade de saber como são as lojas otakus de Akihabara, a novelinha mostra bastante detalhes dentro das lojas. Quem é otaku, não pode deixar de conferir "Densha Otoko" (possui 11 capítulos e 1 especial).

4 comentários:

  1. Puxa, pensei que vc já tivesse assistido esse... Acho que foi o Kodi que me passou o link pro torrents há uns anos atrás.
    Eu diria que os otakus tiram mais proveito da série por ter muitas cenas que são familiares pra nós (quero dizer, que a gente vê nos animes). Caso contrário o pessoal pode achar inusitado demais...
    No geral eu curti a série. E tenho até hoje vontade de tomar Benoist numa xícara da Hermès, huahahaha.
    Se vc assistiu outros j-dramas comenta aí! Vira e mexe eu vejo algum... byes

    ResponderExcluir
  2. Sexta-feira participei de uma reunião em Nagoya. Depois de algum tempo sem utilizar a rede de trens, fui pela JR, voltei feliz com a eficiência dos serviços. Justifico: quando possível evito trens devido a influenza! Mas, não existe meio de locomoção mais comodo e confortável no Japão. Também é fato que se a viagem for feita por duas ou mais pessoas, os custos, equivalem a uma viagem de carro, obviamente, de preferência, chapa amarela. Daí a popularidade desta série. Os trens fazem parte do cotidiano japonês e correspondem com a expectativa dos usuários. Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Eu achei meio forçado, mas é um dorama obrigatório para otakus.

    Pois é, a Kaori-san é quem me mostrou e depois eu encontrei o torrent.

    ResponderExcluir
  4. @Adriane: Não se preocupe. Agora, de vez em quando, a exemplo de games, vou descrever uma breve opinião minha sobre alguns Doramas que tenho visto.

    @Milton: Tenho muitas saudades dos trens do Japão. Me desculpe os metrôs de SP, mas...

    @Kodi: tbm achei forçado demais pra mim, que tinha horas que começava a perder a paciência em algumas cenas, mas achei interessante mostrar o mundo dos otakus, o centro de convenções de Otakus, etc... pena que não pude ter oporutnidade de conhece-lo.

    ResponderExcluir