15 de fev de 2011

Animê: Nodame Cantabile

A estória deste "shoujo" é sobre um rapaz talentoso chamado Shinichi Chiaki que, desde criança, estudou música na Europa e tinha uma admiração enorme de seu professor que é famoso mundialmente. Porém, numa viagem de avião, Shinichi presenciou uma acidente durante a aterrissagem e com isso, tem trauma de viajar de avião até os dias de hoje e isso o impede de viajar de volta ao exterior. Mas, mesmo no Japão, o jovem Shinichi é ambicioso e seu sonho é ser maestro de grandes orquestras.

O jovem é idolatrado e respeitado por todos os outros alunos da Universidade do curso de música, mas ele sendo duro consigo mesmo, sempre se estressa em vários momentos. Shinichi acaba encontrando uma vizinha chamada Megumi Noda (com apelido Nodame), uma menina meio desleixada, mas com talento enorme na arte de tocar piano. Nodame consegue tirar qualquer música apenas ouvindo-na. Nodame sempre quer atrair atenção de Shinichi e um dos seus sonhos é ser namorada dele. Mas este a rejeita sempre. ela é uma gracinha com seu "Gyaboo", rsrs.

Tá certo que não é recente, mas "Nodame Cantabile" ganha destaque nos meus favoritos. História "light", mas com conteúdos interessantes, tudo envolvendo a arte da música.
Quem curte música clássica e é Otaku, esse animê é um prato cheio, isto é, um "colírio" para os ouvidos, pois o espectador é recompensado com grandes temas clássicos como Beethoven e Mozart. Achei curioso uma música-tema de encerramento que os produtores colocaram, envolvendo o clássico "Bolero de Ravel" cantada e num ritmo mais acelerado. Não ficou ruim não.

Inclusive, com a permissão do Kodi, deixo um link sobre opinião dele no seu blog, que também compartilho de sua opinião.

Nodame Cantabile possui 3 temporadas (até o momento que eu sei), com 23 episódios na 1a, 11 na 2a e 11 na 3a, além de episódios especiais.

4 comentários:

  1. Ahá, esse eu assisti, tanto anime quanto dorama... Gostei de ambos, embora a gente dá uma estranhada ao ver os personagens em carne osso... Mas não tenho do que reclamar não..
    A gente realmente acaba até aprendendo um pouco sobre música clássica (pra quem é leigo total..)
    Enfim, também recomendo pra quem não viu...

    ResponderExcluir
  2. Olá Ocho!
    Não assisti o animê, mas amei o dorama. Consegui a proeza de assistir toda a série em apenas um dia! Isso tudo pra saber o final rs. É muito hilário e ano passado ele ficou na primeira posição da lista dos melhores doramas baseados num mangá dos últimos tempos, realizado pelo site Oricon Style. E é claro, destaque para as apresentações sempre belíssimas! Nodame e Chiaki-senpai me conquistaram definitivamente. Um dia ainda pretendo assistir esse animê!

    ResponderExcluir
  3. Ainda não terminei de assistir todo o animê e o dorama comecei a assistir. Depois vou avaliar a versão LA também. No começo, estou estranhando o jeito do casal em carne e osso, parece meio forçado, mas acho que é questão de costume. As versões LA sempre são mais curtas pelo jeito. Só tem 11 episódios de 40 minutos, mais um especial pelo que vi, certo?

    ResponderExcluir
  4. Puxa, nem me lembrava de ter feito um post sobre isso, haha.
    Os animês de hoje estão em baixa...

    ResponderExcluir