25 de set de 2012

Florianópolis (SC)

Para quem quer conhecer as praias de Santa Catarina, Florianópolis é obrigatório, não por ser apenas a capital de Santa Catarina, mas também pelas suas belas praias e paisagens lindas. Florianópolis engloba a ponta leste do estado mais a "Ilha de Santa Catarina". Bom, não vou expor mais detalhes, pois há o Wikipédia ou similares para isso, portanto, apenas vou mostrar os principais pontos que visitei.


- Ponte Hercílio Luz:


A ponte Hercílio Luz é a maior ponte pêncil do Brasil (talvez, a única de renome internacional) que faz a ligação entre a baía e a ilha de Santa Catarina. Inaugurada em meados dos anos 1920, a ponte foi fechada em 1982 por medidas de segurança e, até hoje, continua servindo apenas como cartão postal.  Há algum certo trabalho em desenvolvimento do Governo do Estado em reinaugurá-la, mas ainda sem previsão alguma. Se Florianópolis fosse escolhida como uma das cidades-sedes da Copa de 2014, possivelmente já estaria sendo reformada a tempo até lá, mas como não foi escolhida...

Mas apesar dos pesares, a ponte continua sendo o símbolo de Floripa e sua construção é ainda admirável . Porém, como não foi feita nenhuma restauração, dá para se notar várias ferrugens em torno dela.


- Avenida BeiraMar

Impossível conhecer Floripa sem caminhar pela avenida principal da cidade. Com mais de 10 km de extensão, a avenida é um belo convite para caminhar, correr e fazer exercícios físicos, com uma bela vista do mar e do horizonte da ilha.



- Mercado Municipal e Arredores
Mercado

O Mercado Municipal de Floripa não é grande, mas oferece vários pescados e frutos do mar, e também há uma seção de calçados e presentes (roupas e lembrancinhas). Fica no centro da cidade, ao lado da rodoviária e do terminal central de ônibus. Ao redor, tem-se vários camelódromos, lojas populares e calçadões, com lanchonetes, quiosques, etc. Há também uma enorme figueira sobrevivente, no centro de uma praça. Dizem que fora plantada no ano de 1891 nesse mesmo lugar até hoje.

Figueira 

Um dos Calçadões da Cidade

- Lagoa da Conceição, Praia Mole e Praia da Joaquina
Lagoa da Conceição

Talvez, essa região seja uma das mais badaladas de Florianópolis. Com mais ou menos 15 km de extensão, a Lagoa da Conceição abriga, além de uma bela paisagem, barcos e iates requintados, como também vários bares e restaurantes para o turista ou mesmo os florianopolitanos ("manezinhos da ilha" como apelido carinhoso). A lagoa de água salgada tem uma travessa onde passam muitos veículos e é um atalho para se chegar às praias Mole e da Joaquina, na ilha leste do mapa. Também, na mesma região entre as praias e a lagoa (ver foto), dá para fazer uns "esqui-bunda" em dunas.

Lagoa da Conceição

Praia da Joaquina

- Praias da Ilha Norte (dos Ingleses, Canasvieiras, Jurerê)

Indo mais ao norte da ilha, temos mais praias badaladas, como a Praia dos Ingleses (nome do qual devido a uma embarcação inglesa que encalhou na época), a Praia das Canasvieiras (o mais lotado de turistas argentinos e uruguaios) e a Praia do Jurerê (onde a alta sociedade mora, com casas estilo "Beverly Hills"). E entre a praia do Jurerê e a praia do Forte, há um forte chamado São José da Ponta Grossa, um dos muitos fortes abrigados na época para defender invasores ingleses e outros.

Praia dos Ingleses

Praia das Canasvieiras

Praia do Jurerê

Forte São José da Ponta Grossa

Enfim, se fosse escolher apenas uma praia para curtir seria difícil...

- Baía Norte, Ilhas de Ratones, Ilha de Anhatomirim e Fortes

Esse é um passeio que você curte embarcando no mar. O passeio chama-se Scuna Sul. Altamente recomendado.

Além dos maravilhosos cenários marítimos e vista da cidade a distância, você conhece outros fortes estrategicamente instalados e uma vegetação grossa ao redor das ilhas. Destina-se um dia inteiro para tal passeio.
Embarcação "Piratas do Caribe"

Forte em uma das Ilhas


Canhões estrategicamente apontados

Forte que serviu como presídios e senhores do engenho

Ilha de Ratone (por causa do formato de um rato... >_<)

Enfim, mais um passeio que vale a pena. Não é a toa que as pessoas chamam de, quem nasce em Floripa é "sortudo", rsrs. Florianópolis fica a uns 300 km de Curitiba (ao sul) e a uns 470 km de Porto Alegre (ao norte). Mas atenção, vá somente na baixa temporada, porque na alta, é uma muvuca!!!

8 comentários:

  1. Eu me lembro dessa ponte numa história sobre fornecimento de energia que contaram na elétrica.
    O lugar é bem ajeitado, né. Nunca fui pra Floripa.
    Vendo esse monte de água, acho que preciso aprender a nadar antes de ir pra lá.
    E aí, testou o esqui-bunda?

    ResponderExcluir
  2. Cara, eu nem tchum lembrava disso na elétrica...

    Sim, Floripa vale a pena o passeio. As praias são relativamente limpas. E não precisa saber nadar não. É só levar aquelas bóias com desenho do mickey que é sussi, hahaha.

    Não, não deu tempo para fazer o esqui-traseiro, hahaha.

    ResponderExcluir
  3. Lindas as fotos, Ocho! Eu nunca fui a Floripa. Ressinto-me de ter morado relativamente perto por tantos anos e nunca ter podido ir até lá... Certamente é um lugar que quero conhecer ainda. O povo catarinense sempre me pareceu ser muito agradável e hospitaleiro nas poucas vezes em que tive contato com eles lá. ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu realmente percebi que os catarinenses são mais educados no trânsito. Eles geralmente param para o pedestre passar na faixa. Em Joinville também é assim.

      Excluir
  4. Olha só. que saudade deste lugar, passei as férias em SC um vez, com a turma da escola kkk. Lembro das praias lindas, das dunas, passeio de escuna (acho q era isso). Bons tempos.

    Vale a pena conhecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, como disse o fmass, vale a pena. :)

      Excluir
  5. Nossa, foste pra SC... É o único estado do Sul que ainda não conheço... Vc visitou um monte de lugares! Deve ter super valido a pena mesmo! Quem sabe um dia eu não vá lá conhecer! :-D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena, Dri. Vá na baixa temporada. ;)

      Excluir