2 de jan de 2015

Animê: Log Horizon


Este animê segue mais ou menos o estilo de Sword Art Online (SAO), isto é, estilo MMORPG, onde um grupo de jogadores aderem a um game, porém os mesmos ficam presos dentro do jogo e acabam vivendo a vida dentro do game como se fosse a vida real.  Mas seu enredo é bem diferente em relação a SAO.


No mundo MMORPG medieval nipônico, Shiroe é um rapaz com habilidades avançadas em estratégias de combate, aliando sua experiência em combate com magias e feitiços. Shiroe é o mentor do grupo Log Horizon, no qual compõe diversos outros personagens protagonistas, como a Akatsuki, uma ninja assassina muito habilidosa (com uma quedinha pelo protagonista), Naotsugu, um guerreiro que usa espada e armadura estilo medieval, além de diversos personagens que aparecem ao desenrolar da estória. Shiroe, além de avaliar estratégias e planos para seu grupo, ainda ajuda outros grupos utilizando "comunicação de menus" no qual os jogadores podem conferir status, life, nível de magia de cada um.


O ponto forte do animê, na minha opinião, são os inúmeros personagens que aparecem, não ficando focado apenas em Shiroe, além de personagens simpáticos e kawaiis, como a Serara-chan e a Minori-chan. A história é cheia de detalhes e possui muitos diálogos, dando uma impressão de que se nao conseguir acompanhar detalhadamente, o espectador pode perder mais ou menos certos detalhes do desenrolar da trama, o que me faz achar um estilo de história "cabeça". Isso pode deixar um pouco entediante para alguns espectadores.



Quem curte estilo MMORPG em animês, não deixe de conferir Log Horizon, pois tem bastante detalhes RPGlísticos.




4 comentários:

  1. Quando li a chamada do post lá no meu blog achei que ia chegar aqui e ver vc descendo a lenha em Log, tehhehe. Pelo jeito, no final o animê conseguiu dar uma recuperada no seu conceito. Legal.
    Como eu tinha dito, considero o conjunto desse título o melhor da temporada respectiva. Realmente não é um roteiro para fracos. Quem acompanhar os detalhes terá como recompensa uma história sólida e inteligentíssima, mas os que derem uma cochilada podem se perder na intrincada aventura. E ainda sim sobram as batalhas empolgantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A estória em si não me empolgou muito, mas os personagens foram o principal fator para eu firmar a ver até o fim da primeira temporada. Eu acho que eu é não estou tendo mais paciência com estórias cabeças com muitos bla bla blas, hahaha.

      Excluir
  2. No primeiro parágrafo quase achei que a descrição era de .hack//SIGN, mas não assisti direito esse anime...
    Esse parece bem mais animado e engraçado... :p

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só ouvi falar de .hack//SIGN na época, mas nunca quis assisti-lo, pois ouvi críticas negativas, apesar do tremendo sucesso do dito cujo animê. Quem sabe eu assista um dia.

      Outro fator positivo é que realmente Log Horizon é animado e sem malvadeza gortesca, ao contrário de SAO. Se não quer passar raiva, não recomendo SAO e sim Log Horizon. ^^

      Excluir