8 de mar de 2016

Game: Clash Royale (iOS / Android)


Depois do enorme sucesso de Clash of Clans, a Supercell (empresa responsável pelo game) tem mais cartas em suas mangas, ou melhor, um game novo baseado nos personagens de Clash of Clans, que é o Clash Royale.

A Supercell também criou os games Boom Beach e Hay Day, mas agora, com o Clash Royale, parece que teremos um game de peso ao lado de seu carro chefe. Apesar de ter os mesmos personagens de Clash of Clans, em Clash Royale, o esquema do jogo é bem diferente, onde o jogador possui um "deck" de cartas para confrontar com outro jogador online. Cada carta possui uma tropa, uma arma de defesa ou um feitiço, onde cada jogador começa a por suas cartas de acordo com a barra de elixir que precisa dispuser no cenário de batalha. Cada jogador possui três torres de defesas, sendo que a torre do centro é a torre do Rei que deve ser protegida a qualquer custo. Ganha a batalha quem conseguir derrubar primeiro a torre do Rei adversária, utilizando as cartas de maneira ordenada e sábia.


Assim que o jogador vai progredindo nas batalhas, vai ganhando baús que comportam cartas novas ou cartas iguais para melhorá-las de nível. Com cartas e ouro suficientes, dá-se o direito de "upar" a carta-tropa com poder maior de ataque e defesa. Vitórias épicas dão direitos a baús melhores e também troféus (como no Clash of Clans) e quanto mais troféus, melhor para desbloquear cartas mais destruidoras até se chegar nas cartas lendárias. A grande sacanagem do jogo é que para abrir os baús, precisa esperar horas até conseguir liberar sua abertura... ou então gastar gemas pra isso. E gemas, você sabe, consegue com cartas de gemas (que dão poucas) ou então aquele esquema de comprá-las com dinheiro de verdade. Claro, a Supercell que não é boba, disponibilizou o game de forma gratuita, mas com compras dentro do jogo. Para os impacientes, é prato cheio da empresa.


O jogo é quase tão viciante quanto Clash of Clans, com a vantagem de não precisar ficar offline e se preocupar de ser roubado na sua vila. A progressão se dá quando você ganha cartas novas ou mesmo jogando várias vezes mesmo com os baús lotados na tela; você pode subir troféus e ter chance de adquirir cartas mais raras. Outra vantagem é que você pode simular ataques amigáveis com qualquer amigo do seu clã, coisa que em CoC não tem. Em suma, o jogo é mais relaxante e menos estressante que CoC, mas é menos envolvente; isso na minha opinião.



Em suma, Clash Royale pode ser tão viciante quanto Clash of Clans e com a vantagem de ser um game novo e totalmente diferente de estilo, já que Clash of Clans já está ficando saturado após 3 anos e meio ainda na ativa. Eu, por exemplo, já não jogo mais CoC tanto como antes. Será que isso pode ser o início da aposentadoria de CoC?


3 comentários: