8 de nov de 2010

1o. Seto Matsuri em Curitiba / Arte Fotográfica

Aconteceu, neste último final de semana, o 1º Seto Matsuri - Festival da Cultura Nipo-Brasileira e tributo ao artista Cláudio Seto, falecido em 2008. O evento fora realizado na Praça do Japão, com apresentações da cultura japonesa, além de uma praça de alimentação com pratos típicos como yakissoba, okonomiyaki, takoyaki e tchampon. O tempo aberto ajudou bastante no sucesso do matsuri.


O evento fez parte da programação da Virada Cultural de Curitiba. Nos dois dias foram realizadas apresentações artísticas como odori (dança), taiko, yosakoi soran, canção e cerimônia do chá além de oficinas de mangá (desenho), origami (dobradura de papel) e bonsai (árvore em miniatura) e homenagens a Seto.

Teve também, estandes de lojas que vendiam camisetas com estampas de mangás, cadeiras elétricas para massagens, presentinhos, enfeites orientais, mangás e bonecos japoneses (garage-kits e gashapons). Com relação aos bonecos, confesso que não me empolguei com o que estava em exposição para venda, além de cobrar preços absurdos. Mas valeu pela divulgação da diversidade da cultura japonesa, desde para o mais jovens até aos mais idosos.


E mesmo sendo um evento de menor porte, em comparação com o Haru Matsuri e o Hana Matsuri, a festa da cultura japonesa que homenageou Cláudio Seto foi marcante e pode ter certeza que teremos futuros "Seto Matsuris" cada ano. Segue abaixo, outras fotos do evento.









Conteúdo extra: Para quem curte arte fotográfica, dê uma expiada nesse álbum. Vale a pena conferir. (linden.g's photostream)
Será o casco do "Metal Bowser"?

11 comentários:

  1. Olá Ocho!

    Também curto esse tipo de evento. Um dos poucos lugares em que você vê tantos descendentes de japoneses reunidos. E que bom que o tempo ajudou. Adorei os registros!

    Bjuss e até mais!!!

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Cacá. Mas por incrível que pareça, tinha muito mais "gaijins" que "nikkeijins". Sinal de que o povo brasileiro têm curtido cada vez mais o Japão e sua cultura.

    ResponderExcluir
  3. Yey! Fotos! É claro que a cosplay de Kagamine Rin apareceu sem querer de frente e de costas, né? Ahhaha! Bela cobertura!
    Parece que estava tranquilo o local. Eles não tinham mudado para um lugar maior?
    Esses garages também não me empolgaram. Engraçado que só tem a Ritsu do grupo de K-On. Vai ver só sobrou ela.
    A comida estava meio cara, como sempre. No que você investiu seu dinheiro lá?

    ResponderExcluir
  4. O Seto Matsuri foi um evento de menor porte, por isso deu pra fazer na Praça do Japão. Eu fui ver mais as comidas mesmo, mas de quebra, fui verificar as lembrancinhas e produtos, mas acabei gastando só em comida mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Aposto que os garages estavam uma facada.
    Esses dias estou com espírito gastador e fico pensando em comprar de tudo.

    ResponderExcluir
  6. Os garages de cima maiores estavam em torno de 90 a 120 reais. Depois que vi o preço me desanimei de ver os bonecos com mais calma.

    Espírito gastador... agora só falta o dinheiro sobrando, hahahaha

    ResponderExcluir
  7. Nuooossss, que massa! Dá até vontade de visitar Curitiba de novo. Que época do ano será que é mais legal hein? (matsuris, quero matsuris)
    E vô deixá o Ocho de guia turístico, hauahauahauaha!

    PS: Tô vendo uns cosplayers... tinha concurso também? =P

    ResponderExcluir
  8. @Adriane: Uma época interessante é quando tem justamente o hana matsuri e o haru matsuri, abril e setembro, respectivamente. Me avise quando vier pra cá. ^^
    Não tinha concurso de cosplayers, apenas fãs a caráter prestigiando.

    ResponderExcluir
  9. Há de se registrar que, o paladar da comida japonesa do Brasil é bem diferente dos pratos daqui do Japão. Lindo evento! Valeu! Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Metal Bowser é jogavel no melee e no brawl quando pega a metal box e aparece como vilão no classic mode e no Mario Party 2.Em mario kart wii com o hack de metal box é possivel jogar com ele.

    ResponderExcluir