27 de jun de 2013

A mudança deste país começa com sua atitude


Nessas últimas semanas, o país tem vivido uma série de protestos e manifestações de uma forma bem ampla que não se via desde o início dos anos 90, quando a geração "cara-pintada" foi às ruas pedindo o "impeachment" do então presidente Fernando Collor. E não é para menos que o povo finalmente acordou: as tarifas de transporte público foram apenas a gota d'água para uma série de problemas que assolam esse país, desde quando o Brasil se formou na época do "descobrimento".

As manifestações recentes são as respostas de tudo que o Governo (este e os anteriores) fizeram ou deixaram de fazer, o que não preciso mencionar aqui; afinal, qualquer brasileiro está cansado de saber desses problemas cotidianos. Os protestos nas ruas são os primeiros passos para um povo mostrar a sua indignação perante toda essa situação no país.

Mas, de nada adianta fazer somente tais manifestações, se o povo não mudar sua postura. Os protestos devem servir para que as pessoas acordem e reflitam suas atitudes passadas e terem vontade de mudar o país, começando a mudar o seu pensamento. Pequenas mudanças nas suas atitudes são os primeiros passos. Que tal se as pessoas forem mais educadas e tiverem maior conscientização ao seu redor? Segue alguns exemplos:



- Em geral, grama ao redor das calçadas não foi feito para se caminhar. Que tal respeitar o paisagismo urbano não pisando nas gramas? "Ah, mas se eu caminhar na grama, eu ganho tempo." Isso, "champs"! Você vai ganhar os incríveis 2 segundos antes para chegar ao seu destino... OBS: é diferente em gramas em alguns parques, onde, é permitido brincar.



- "Ah, mas só vou ficar uns 5 minutos. Já tô saindo". Sim, o jeitinho brasileiro de se expressar. Estacionar em local proibido ainda é uma realidade grande no Brasil. Vamos tomar vergonha na cara e pensar nos outros que precisam transitar normalmente? E outra, estacionamento para cadeirantes... é só para cadeirantes!! Nada de "autoridade" colocando nessas vagas!


- Que tal levar suas bitucas de cigarro com você e depois jogar no lixo? Ou melhor, que tal para de fumar?

- Que tal dessa vez lembrarmos de quem a gente vai votar no ano das eleições?


- Que tal dessa vez, separarmos o lixo adequadamente sem jogar em qualquer lugar?

Bom, não vou por mais, acho que todo mundo já tá careca de saber que o brasileiro tem que mudar suas atitudes e parar com esse "jeitinho brasileiro". Se começarmos a mudar a nós mesmos, refletiremos isso para o nosso país, quem sabe, com novos políticos realmente honestos e dispostos a trabalhar para o povo brasileiro... (não custa sonhar).

10 comentários:

  1. Esse famoso jeitinho brasileiro tem q acabar. Qts vezes já devolvi no mercado troco que veio a mais. E qts vezes as pessoas q estavam comigo disseram q eu era boba e que se o caixa errou o problema era dele. Mas o prejuízo ia ser de alguém. O Nihon é um ótimo exemplo a ser seguido. Lá as coisas funcionam. Pq o povo respeita o próximo. Ninguém quer ser esperto às custas dos outros. Infelizmente isso está mto longe de acontecer aqui mas como vc disse...não custa sonhar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Silvia. É com os pequenos gestos honestos que a gente começa a ganhar virtudes perante a uma sociedade ainda em desenvolvimento.

      Excluir
  2. Bem, mais uma vez vc falou tudo. Achei muito válidas essas manifestações, deu pra ver que o brasileiro realmente está de saco cheio de tanta palhaçada. Por outro lado, ainda estou meio descrente quanto aos resultados, porque nada muda da noite pro dia...
    Não é meia dúzia de passeatas que vai mudar alguma coisa...
    Vamos torcer pra que o povo aprenda a votar, a cobrar e principalmente, pra que ele próprio perca essa postura de querer levar vantagem sempre.
    Enquanto as pessoas não mudarem, eu não acredito que haverá alguma mudança nesse país... Cada país é reflexo do seu povo...
    Mas sempre tem um começo pra tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, e o começo está em nossas mãos, nos educando e educando nossos filhos para que os mesmos possam dar continuidade para um país melhor. Chega do chamado "jeitinho brasileiro"!!

      Excluir
  3. O povo passeando na grama me lembrou o centro politécnico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que isso é o que motivou postar o exemplo. Nas calçadas próximo do CP, as gramas estão tudo desaparecidas nos cantos... shame.

      Excluir
  4. Pois é, Ocho. Eu acho que os que estão eleitos são apenas reflexo dos eleitores. E enquanto as pessoas não mudarem, e isso começa já nas pequenas atitudes do dia-a dia, tudo vai continuar como está...

    E o pior: quando tomamos a atitude correta, quando somos éticos e íntegros nas pequenas coisas, em vez de sermos vistos como exemplo a ser seguido, ainda somos taxados de trouxas pelos outros - como a Silvia bem colocou. É uma pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a mentalidade do povo brasileiro que tem que mudar. Espero que essas manifestações sejam apenas o primeiro passo, mas a mudança vai ser a longíssimo prazo, pois desde o tempo do "descobrimento do Brasil" nunca tivemos um progresso moral e cívica.

      Excluir
  5. É tudo questão de cultura e respeito ao próximo. Isso se aprende em casa primeiro, e depois nas escolas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Os pais de hoje devem ter uma responsabilidade forte para que nossas crianças estejam preparadas para melhorar nosso país, pois são elas o futuro de qualquer nação.

      Excluir