28 de fev de 2014

Carnaval? Não pra mim... aliás faz tempo!

Já faz um bom tempo que não curto Carnaval, com exceção dos feriados impostos. Nada contra quem gosta de uma curtição ou uma azaração nas folias, porém cada ano que passa, percebo que há muito excesso de "libertinagem".

Eu mesmo não era muito ligado nas festas de carnaval nos salões com fantasias (talvez quando era criança) e músicas carnavalescas. Entretanto, as músicas da época eram mais, digamos, "saudáveis" e sem malícia. Nem preciso comentar como anda nossa música atual, certo?

Mas, atualmente, estou tendo uma sensação cada vez menos carnavalesca que anos passados, pois boa causa disso é a falta do quê se comemorar, com tantas atrocidades acontecendo: impunidade, corrupção, violência... claro, isso já tinha desde os tempos remotos da humanidade, mas atualmente, estão visíveis demais e com a impressão de que só aumentam cada ano que passa.

Os desfiles já começaram a serem mostrados na mídia e eu nem "tchum" sabia que seria tão rápido assim. E eu achando que já iriam começar a mostrar os produtos de Páscoa, pois em alguns supermercados, já estão sendo montados aqueles estandes de madeira onde se penduram os ovos; mas isso é outro assunto.

Boa parte dessa indignação e em partes, desse pessimismo, está no resultado da realização da Copa no Brasil e da possível frustração das próximas eleições presidenciais e estaduais. Confesso, manter o otimismo está cada vez mais difícil ao nosso país e eu tenho medo do que o Brasil possa se tornar no futuro.

Entretanto, eu vejo uma ponta de esperança nos comentários das redes sociais quando há uma notícia de corrupção, impunidade, economia estagnada e queda no crescimento econômico e social. Praticamente todos quem comentam já estão de "saco cheio" deste governo e desejam punição severa aos corruptores e bandidos de colarinho branco, pois estes sim são os verdadeiros bandidos da sociedade. Será que os mesmos que comentam realmente vão tentar mudar seus votos nestas próximas eleições?

Como sempre diz aquele velho bordão: "sou brasileiro e não desisto nunca", quero muito manter este espírito, sabendo que as mudanças não ocorrem de uma hora pra outra, nem em um ou dois anos, mas sim vários anos ou décadas... mas sonhar com um país natal melhor, sempre será a realização de toda uma sociedade. Chega da política do pão e circo (bolsa família + futebol e carnaval), mostrando o que realmente importa a uma nação: os três pilares da sustentação (saúde + segurança + educação)! O resto, a gente conquista aos poucos.

4 comentários:

  1. Tbm nunca curti carnaval...vou aproveitar pra estudar e descansar...tenho 2 concursos em março :/ do INSS cancelaram e vou refazer a prova...em relação ao país...acho q a coisa só vai mudar se nossas leis forem mais rígidas e o povo mudar...mta violência, corrupção, gente esperta se dando bem às custas de gente de bem, honesta...sinceramente...tbm quero ACREDITAR nesse país...mas acho q se eu ganhasse na loteria...mudaria para o jp...

    ResponderExcluir
  2. Carnaval atrapalhava minha programação na TV e não tinha nada pra eu assistir. Agora que existe internet, tanto faz...

    ResponderExcluir
  3. Faço as minhas as palavras de todos aqui.

    Hoje em dia faço o possível pra ficar longe da muvuca e aproveito os dias para descanso e lazer.

    ResponderExcluir
  4. Eu detesto carnaval, inclusive o feriado - pra quem é profissional liberal como eu, isso só atrapalha, a gente não consegue ter produtividade - e, se não trabalhar, não ganha.

    Quanto ao futuro do Brasil, acho que sou a mais descrente entre todos aqui: não acredito em mudança pra melhor, de verdade. Isso porque acho que tudo q a gente vê hoje não é só culpa dos políticos, mas também reflexo de toda uma cultura de um povo. E cultura é uma coisa difícil de mudar, pode levar décadas. Por tudo que tenho lido e acompanhado, acho que o Brasil ainda vai piorar um tantão pra depois, quem sabe, começar a melhorar...

    ResponderExcluir