19 de nov de 2015

Culpar a PSN e a criptografia pelos ataques terroristas é como culpar o carro pelos atropelamentos


Nem vou comentar sobre esses últimos acontecimentos na França, todo mundo já está saturado disso; mas o que dizer de diversas opiniões que vejo internet afora dizendo que por causa da criptografia e o novo sistema de comunicação da PSN é que os ataques terroristas sucederam na França?

Quando a humanidade vai parar de pensar dessa maneira, dizendo que os "meios" e os "utensílios" é que matam e causam destruição? Para começar, a criptografia surgiu de forma mais intensa na tecnologia graças aos crescentes ataques "crackers", "worms" e "phishings" de pessoas mal intencionadas em explorar vulnerabilidades de sistemas para invadir contas e computadores alheios. Daí surgiu a necessidade de melhorar cada vez mais sistemas de proteção criptográficas em todo mundo, principalmente nas redes de comunicações. Há algum tempo atrás, a PSN sofreu o seu maior ataque em sua rede, comprometendo milhares de contas de gamers que estavam cadastradas na rede da Sony e aí a mesma teve que fortificar sua rede a fim de dificultar tentativas de invasões alheias. Infelizmente, muitas pessoas mal intencionadas, como os tais terroristas aproveitaram essas ferramentas e usavam para se comunicarem sem ter muita preocupação de intrusos observando seus passos. Infelizmente o que causa toda esse cenário obscuro como terrorismo, assassinatos, onda de crimes adversas por aí é sempre pelo homem e não pelo meio. Posso estar equivocado na interpretação, mas aquele ditado "Os fins justificam os meios", apesar de ser baseada num pensamento maquiavélico, pode ser pensada tanto em termos construtivos como em termos destrutivos, numa forma contínua. No caso, a criptografia (o meio) foi pensada para segurança do tráfego de dados (o fim), mas que com a sensação de segurança de muitas pessoas, tais acabam aproveitando para realizar transações imorais sem se preocupar com alguma espionagem. Essa última ação acabou se tornando um certo problema, devido à conduta de certas pessoas em aproveitar a ferramenta da criptografia para realizar ações desconstrutivas. E agora, agências dizerem que parte da culpa do ato é da criptografia?? Por favor, né!  OBS: já foi confirmado de que não há evidências que foi utilizada a PSN para comunicação entre os terroristas; foi uma interpretação equivocada do ministro da Bélgica.

O homem sempre foi meio teimoso e orgulhoso. O exemplo do armamento/desarmamento de uma sociedade é outra questão. Dizer que o que mata é o revolver e a faca, é meio que tentar isentar um pouco a ação das pessoas. Claro, sem o revólver ou a faca naquele momento, poderia ter evitado acidentes ou crimes, mas tirar esses objetos das pessoas por força de lei é, no mínimo, retroceder a moralidade do ser humano; mas não cabe agora discutir isso. Voltando ao assunto da criptografia, seria mais ou menos a mesma ideia. As pessoas com más intenções sempre vão buscar várias ferramentas que lhes convém para praticar seus atos ilícitos, por mais que sejam ajustadas novas formas de tecnologias. O que era para manter a privacidade e a segurança da comunicação das pessoas, se tornou uma dor de cabeça para investigadores criminais digitais para esse caso. Podem criar o objeto mais seguro do mundo que tais pessoas mal intencionadas vão conseguir uma forma de usá-la para seus objetivos. O que tem que mudar é a postura e a ética das mesmas e isso requer vontade política, social e cultural da população mundial, coisa que infelizmente abrange a longuíssimo prazo.

Baseado no post do Gizmodo Brasil.

2 comentários:

  1. Nem tinha ouvido falar dessa. Se eu fosse a Sony processava o cara. Falar assim sem provas é dose...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ficou por isso mesmo. O caso já abafou e isso já é passado.

      Excluir