3 de jan de 2017

Animê: Haibane Renmei


Um clássico que só agora o conheci. Conta a estória de uma raça que Deus criou entre os humanos, que foi concebido uma forma de anjos, com asas de pena branca nas costas e uma auréola que fica flutuando acima de suas cabeças, entretanto, os "haibanes" não voam e não têm poderes divinos. Eles vivem entre os humanos como forma de ajudar em diversos afazeres, parecendo a missão de altruístas enquanto estiverem vivos no planeta. O foco central está na protagonista chamada Rakka, que "nasceu" dentro do vilarejos dos haibanes e convive com os mesmos a aprender diversas tarefas do dia a dia. Rakka é uma haibane diferente das outras conforme o desenrolar da saga vai passando.


Haibane Renmei é uma estória cativante que envolve a compreensão e o sentimento das pessoas, através da saga de Rakka, despertando o interesse e os caminhos para superar as dificuldades que a vida desafia cada uma das haibanes na estória. Considero um animê adulto que envolve situações cotidianas semelhante à nossa realidade, tentando mostrar as lições de vivência e oportunidade de compreensão e aprendizagem de cada pessoa.


Não envolve ação, nem situações engraçadas, mas Haibane Renmei possui um "olhar" que pode avaliar uma analogia de curiosidade (os muros que cercam a vila), de comoção (amizade entre haibanes e humanos) e de hierarquia de lideranças (os senhores mascarados).  Por ser um animê antigo, a qualidade gráfica é um pouco a desejar para os dias de hoje, mas não compromete o acompanhamento para o expectador. Em alguns momentos, fica meio "massante" em assistir, mas nos episódios mais posteriores, a estória já fica mais interessante. É um clássico que vale uma conferida.






2 comentários:

  1. Ohh, você achou Haibane massante... eu nem me lembro mais o que achei de tanto tempo que faz, mas é um dos meus classicos preferidos. Haibane me mostrou como um anime pode ser bom, cult, estiloso, bem dirigido, sem precisar explicar tudo...

    ResponderExcluir
  2. Bom, eu sou menos paciente em temas meio "cult" ou algo assim, então, essa é apenas minha opinião. Mas em geral, curti Haibane.

    ResponderExcluir