8 de mai de 2017

Animê: Kobayashi-san chino Meidoragon


Que tal encontrar com um dragão no meio de um bosque nas montanhas, conseguir conversar com ele e no dia seguinte, ter uma "dragon maid" em seu apartamento? Pois é assim que inicia as aventuras da protagonista Kobayashi e da empregada doméstica Tohru...

Koboyashi é uma mulher solteirona e antes, solitária, que trabalha como programadora e resolveu "adotar" a dragoa (dragão feminino) chamada Tohru em seu apartamento como empregada doméstica e esta meio que se "apaixonou" pela patroa. Claro, conforme episódios vão passando, novas "criaturas" vão aparecendo e em suas formas "humanas", como a fofinha Kanna, a peituda Lucoa e o sinistro Fafnir. Todas essas criaturas são originadas em uma dimensão paralela diferente da nossa realidade, onde dragões e humanos se enfrentam e até mesmo os humanos da outra dimensão possuem poderes como os dragões. Mas no animê, não vemos esse mundo paralelo e sim, os dragões "presos" em nossa realidade, claro, sempre em forma de humanos para não interferir na nossa vida simples e frágil...



Estilo fofinho e comediano, "Meidoragon" conquistou pela estória engraçada com as criaturas em forma humana se envolvendo de forma contida em nosso mundo, mas "se soltando" em outro lugar sem ninguém por perto (a não ser pela presença da Kobayashi), especialmente com a presença de Kanna, que conquistou o mundo "kawaiiness" e mesmo sendo um animê recente, vemos vários produtos com o desenho da Kanna como guarda-chuva, mouse pad, chaveirinhos, até figures, claro. Mas temos também algo meio inusitado também como cueca da Kanna(?)... Isso que é ser fã dela. Uma impressão pessoal é que Kanna possui características um pouco semelhantes com a Renge (Non Non Biyori) e também da Shiro (No Game no Life): rostos meio sérias e fofinhas e com falas em tom  constante, bem parecidas. Acho que fez mais sucesso do que a própria Tohru...



O animê é muito divertido e talvez, foi meu recorde de prints de telas. Claro, que não vou por todos meus prints aqui, mas deixo alguns mais divertidos. A estória não é assim tão elaborada, mas diverte com as situações engraçadas e claro, com personagens muito carismáticos. É um must para qualquer otaku que se preze.









4 comentários:

  1. Esse é um daqueles raros animes top.
    Infelizmente se as vendas não forem boas não teremos uma segunda temporada. Ele não é tão apelativo pra uma continuação como ReZero, Danmachi e Shingeki por exemplo. Vamos torcer.
    Kanna chan foi um show que valeu cada episódio. E quem não queria ter a companhia de uma Tohru.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei esse animê. Realmente tomara que não seja como foi com "Amagi". Kanna chan foi a estrela kawaii do animê e esse dá vontade de assistir de novo!!

      Excluir
  2. Gostei da definição da Kobayashi sobre a Kanna: uma goth rori meio tribal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a mais pura definição msm da Kanna...

      Excluir