15 de set de 2009

Game Nostalgia (VII): Final Fantasy 8

Se tem alguma franquia de games que não pode ficar de fora, uma é, sem dúvida alguma, a saga de "Final Fantasy". Sou fã da saga, desde a época que lançaram a versão para o "Playstation One", com o game "Final Fantasy 7". Mas na verdade, a história começou lá atrás, do tempo do "Nintendinho 8 bits". De lá para cá, muitas versões foram criadas, passando para o "Super Nintendo", para o "Playstation One", depois para o "Playstation 2" e, atualmente, para vários consoles como "PSP", "Nintendo DS", "X-Box", "Playstation 3"...

Bom, falando especificamente da versão 8, o game fora lançado para "Playstation One" e fora um grande sucesso, depois da versão 7 para o mesmo console. Lançado em 1999, "Final Fantasy 8" tinha personagens de fisionomia mais adulta, ao contrário das versões anteriores. Os gráficos eram de arrasar para aquela época, principalmente pelos vídeos CG e pelas animações dos "Guardian Forces", as evocações de seres superiores (são os "Summons" para a versão 7). A trilha sonora também era arrasadora (tanto que tinha comprado os cds de áudio originais no Japão). Uma das características marcantes é o momento das batalhas (assista ao vídeo no final do post). Os personagens utilizam todos os itens, magias e habilidades durante tais lutas e o jogador deve saber utilizá-las nos momentos certos (principalmente se for lutar contra os monstros mais fortes, como o "Omega Weapon"). Cada personagem utilizado na batalha possui um "Limit Break", isto é, seu ataque especial que pode tirar uma boa porção de "HP" dos inimigos, ou um movimento especial que pode alterar o status dos personagens. Também é marca registrada da saga.

Outra novidade da versão 8 era a ausência da barra de "MP" ("Magic Points") e, no lugar, criou-se o comando "Draw", em que o personagem rouba estoques de magia de oponentes até completar 100 unidades de cada uma delas. Com isso, o personagem podia uni-las com habilidades de ataque, defesa, "HP", força e assim vai.


Abertura de Final Fantasy 8


Confesso que o game é viciante, pois você quer melhorar o "level" dos personagens e saber o que vai acontecer em cada momento da história (é que nem acompanhar uma novela ou seriado), ou então quer as melhores armas e os melhores itens, por isso, vai batalhando nos mapas... Fiquei re-jogando esses dias "Final Fantasy 8" no emulador (já tinha jogado uma vez naquela época do "Playstation One"). É claro que já sabia da história, mas é como rever aquele filme que te marcou.

Enfim, é impossível não ficar "apegado" com os personagens e com a história de cada "Final Fantasy". Na verdade, tem muito mais assunto a comentar sobre a saga, mas vou deixar para as próximas oportunidades. Aliás, já a comentei uma vez [link] neste blog.

Abaixo, uma sátira do game da versão 7. Rachei-me de rir...

9 comentários:

  1. Guemuuu! Este blog podia até se chamar Guemu em mudanças. xD~
    Nossa! FFVIII! Nem preciso falar que o meu preferido ainda continua sendo o VII, né? O sistema de magias é o que não me agradou nessa versão porque eu ficava com dó de gastar uma vez que diminuía o poder de ataque com menos unidades. É incrível como a gente não se esquece de detalhes inúteis como este, haha.

    ResponderExcluir
  2. Poxa, parece bem legal. Mas nunca joguei, porque eu só me viciei em joguinhos eletrônicos no ano passado, depois, bem depois de terminar o colégio, a faculdade e tudo mais. (Sem contar tetris no gameboy, esse ocupava minhas férias...)

    ResponderExcluir
  3. Ah, eu nunca joguei :(
    Mas gostei muito do vídeo, deu vontade de chamar uns amigos e fazer simulações de jogos também. hehe

    ResponderExcluir
  4. hhahahahah a sátira foi genial!! Os inimigos tentando fugir... XD~
    *chora de rir*
    Há uns 2 anos, eu e o Kodi varamos os primeiros FFs de SNes (I, II, III e V na numeração americana, eu acho), junto com os principais RPGs do pacote, mas agora estamos dando um tempinho - até o concurso, pelo menos...

    ResponderExcluir
  5. Por falar em simulação de games, uma das mais geniais que vi foi justamente uma de tetris humano XD

    ResponderExcluir
  6. Tenho colocado temas meio ecleticos, mas confesso que nesses ultimos tempos, tenho tendenciado a alguns topicos relacionado a games. FF VII, como disse, foi um marco para mim conhecer a saga de FF e a versao 8, apesar de alguns detalhes diferentes, foi um dos meus games favoritos.

    Da vontade de criar algumas animacoes assim ne? Sera que com a tecnologia atual, nos, meros mortais usuais de PCs ja conseguimos realizar tal proeza? XD

    Nunca joguei as versoes anteriores da versao 7, mesmo as atuais relancadas para PSP. Talvez os graficos nao me agradaram se comparar com a versao 7 em diante, mas quem sabe um dia...

    Os caras da satira foram bem criativos, hehe. O cara do "confuse" e o CELL foram hilarios tbm. No You Tube vc ve cada coia bem engracada que fazem com simulacoes humanas de diversos games, como o do Mario Kart.

    ResponderExcluir
  7. Meu favorito tb é o 7, mas achei muito massa os gráficos do 8... E hilárias as "cavalices" do Squall:
    Quistis: "Não precisa dizer nada, eu só queria alguém pra me ouvir..."
    Squall: "Então vá falar com uma parede."
    Affffffeeeeeee.
    E essa sátira, não consigo reconhecer os personagens mas as músicas são do 8... Eu vi uma parecida com essa só que o pessoal tava vestido com os personagens do 7... Muito engraçado!

    ResponderExcluir
  8. Caramba. Vc ainda lembra dessas falas do Squall? So me lembrei-as pq re-joguei recentemente. XD Ele era um loser mesmo... sorte que teve a Rinoa depois.

    ResponderExcluir
  9. No Brasil houve a era de game Michael Jackson? Alguém chegou a jogar?

    ResponderExcluir