17 de set de 2009

Bingos, CSS, Taxação das Cadernetas... o que mais esperar?

É incrível o que o Governo Brasileiro têm tido ideias de ressucitar atos "incabíveis" da época passada.

Com pautas e assuntos mais relevantes para tratar (como projetos na Educação, Saúde e Segurança), os governistas insistem em trabalhar em pautas de arrecadações, onde alegam que precisam aumentar certas cargas tributárias para sustentar os "supostos" projetos do PAC e sociais, ressurgindo ideias ultrapassadas e inadmissíveis como a volta dos Bingos e Caça-Níqueis de forma legalizada.

E falando em Previdência, ela já está no vermelho faz tempo, por isso, o Governo quer recriar de volta a CPMF, apenas camuflando de nome para CSS (contribuição para a seguridade social) a fim de tentar socorrer uma Previdência de mãos atadas, que já não sabe mais como segurar as pontas no futuro. Bom, pra começar, os pagamentos das aposentadorias estão cada vez mal distribuídas (aposentado pobre fica mais pobre, aposentado rico curte cada vez mais) e falta um bom planejamento na distribuição justa de benefícios (nem preciso citar atos secretos que beneficiam salários de partidários, políticos e servidores né). Planejamento minuncioso é necessário, pois realmente, o país está ficando mais velho e temos que acompanhar essa tendência mundial. Mas o que vejo é o governo tentar solucionar "usando uma peneira para tapar o Sol".

Agora vem um projeto que está para ser sancionado, onde teremos a volta dos bingos e jogatinas legais? Por favor; em vez de pensarem em projetos dos pilares de sustentação (saúde, educação, segurança), governistas querem ressussitar a jogatina? Para que o povo brasileiro volte a sustentar um vício terrível? Para enriquecer os cofres de empresários inescrupulosos? Para sustentar o crime organizado? Claro, o governo afirma que a legalização dos Bingos vai criar novos postos de trabalho... Oras, que crie trabalhos dignos, investindo em postos de saúde, criando a formação de professores (com salário digno), combatendo a corrupção (principalmente!!).. e não para facilitar a lavagem de dinheiro de empresários e incentivando cidadãos a sustentarem um vício horrível.

Com tudo isso, só posso enxergar que o governo quer ter motivos para arrecadar ainda mais, justificando déficit dos cofres públicos, tirando ainda mais as economias do povo brasileiro. Poxa, o que a gente já tem pago de tributos não é brincadeira. O Brasil é o campeão em altas taxas de juros e impostos. Eu fico pensando... com tudo que contribuimos com impostos e taxas, por que não vemos o resultado prático das contribuições na sociedade? O nariz de palhaço do brasileiro está cada vez mais inchado, é o que penso...É muita cara de pau ainda quererem taxar em mais atos. Só falta taxarem o ar que respiramos...

2 comentários:

  1. Oi! Quase postamos ao mesmo tempo. :)
    É por causa disso que tem gente querendo morar em outro país. Países em desenvolvimento têm pontas soltas.

    Só espero que não façam a reforma tributária e previdenciária antes do nosso concurso, senão a gente teria que estudar tudo de novo.

    ResponderExcluir
  2. O Lob neste setor é grande e essa história que o congresso pode inviabilizar o andamento do país truncando as votações há de acabar um dia. Esperávamos que fosse neste governo, mas ele pipocou. Aqui, o Hatoyama vai governar com a maioria absoluta, poderá fazer o que quiser. Por aqui temos os Pathinkos, mas também haviam empregos. E agora? Vamos colocar o dinheiro do Hello Work no Pathinko?

    ResponderExcluir