15 de set de 2010

Meus Mascotes de Games Favoritos

Esta semana, comemorou-se 25 anos de um dos mais famosos personagens de videogames, senão, o mais famoso. “It's me, Mario!”

Realmente, Shigeru Miyamoto, o criador de Mario, sendo um dos principais designers da empresa, é um dos gênios da atualidade, responsável pela alavancada da Nintendo. Depois de Donkey Kong, da Atari, Mario começou mesmo a se destacar na plataforma NES, com um jogo de plataforma surpreendente para aquela época e ainda hoje, divertido. A partir daí, surgiu a franquia “Mario Bros.”, sendo lançado continuações de seus games tipo plataforma e outros, como “Mario Kart”, “Dr. Mario”, “Mario Paint”, etc. Eu, particularmente, conheci Mario e sua turma pra valer mesmo a partir do Super Nintendo, com “Super Mario World”. Eta joguinho viciante; queria fechar o game com mais de 100% do mapa naquela época... Mas, atualmente, meu favorito é “Mario Kart Wii”, pois a diversão é garantida, usando controle-volante do Wii.



Mas Mario não é o único mascote famoso a figurar no mundo dos games, lógico. Outro personagem-mascote que curti foi Alex Kidd, da Sega, quando joguei “Alex Kidd in Miracle World”, no Master System, no qual, foi o primeiro game com o personagem. Alex era uma caricatura de uma criancinha cabeçuda, mas com mãos gigantescas em que ele as utilizava para atacar seus inimigos, além de fazer disputas de “Jankenpô” (pedra-papel-tesoura). No final de cada fase, Alex tinha a sua recompensa, um “oniguiri” (bolinho de arroz com folha de alga). Alex Kidd foi o primeiro mascote da Sega a tentar ser rival de Mario, mas sua popularidade não chegava nem aos pés de Mario e, além disso, Alex não foi tão carismático quanto o outro. Alex Kidd ainda saiu em outras versões no Master System e no Mega Drive, mas parou por aí. É uma pena, pois gostava do personagem.



Agora, o mascote da Sega pra valer mesmo veio com Sonic, the Hedgehog, onde sua primeira aparição foi no Mega Drive, com o jogo de mesmo nome. Nem preciso descrever sobre ele, pois todo mundo já está careca de saber, certo? A exemplo, de Mario, como símbolo da Nintendo, Sonic é o símbolo da Sega. Sonic já teve também várias franquias e variações de games, igual ao Mario. Eu curti muito Sonic, desde o primeiro jogo no Mega Drive. Mas foi em “Sonic Adventure”, no falecido Dreamcast, que realmente debulhei e curti. Foi também em “Sonic Adventure” que tive a primeira sensação de “alucinação” com um game correndo velozmente em gráficos 3D. Recentemente, houve vários games com “crossover” entre a turma de Mario com a turma de “Sonic”, envolvendo esportes, lutas, etc. Não sei se vingou, pois, na minha opinião, ficou muito estranho o resultado. Imagine, o Mario poder ganhar de Sonic no game de atletismo...



Outro mascote que apareceu foi Crash, the Bandicoot, personagem da Sony, envolvendo os mesmos tipos de games: plataforma, kart, etc... Joguei um pouco, mas, confesso que para mim, Crash não me empolgou muito e seus personagens pareciam uma cópia dos personagens de Donkey Kong do Super Nintendo. Entretanto, Crash obteve um sucesso considerável mundialmente, porém, na minha opinião, sem o mesmo carisma de Mario e Sonic.



Mais um personagem-mascote que me marcou: “Fox McCloud”, de “StarFox”. O primeiro game foi no Super Nintendo, com um jogo de nave inovador e ótimos gráficos para aquela época. Curti muito o game, mas não consegui chegar no final na rota mais difícil. Em “StarFox 64”, do Nintendo 64, é a minha ótima referência de game do gênero. Os personagens ganharam falas consistentes e gráficos de cair o queixo na época, além de um som excelente, com uma trilha sonora envolvente. Curiosidade: a partir daí, surgiu um viral na Internet com a fala do coelho Peppy dizendo: “Do a Barrel Roll!”. Quem tiver curiosidade, digite a tal fala no You Tube que você talvez entenda. Eu ri.




Do a Barrel Roll!


Na verdade, curti um monte de personagens de games, mas neste post, estou apenas comentando os mascotes (alguns que eu me lembrava). Não conta personagens humanos ou robôs. Nos próximos posts, tentarei falar sobre os meus personagens humanos/robôs favoritos.

5 comentários:

  1. Em 1982, o meu pai voltou do Japão com um relógio Casio e um Donkey Kong II (o de 2 telas!!!!) Game&Watch da Nintendo.

    Bom, desde então, eu devo dizer que o Mario realmente foi o mais carismático pra mim.

    O Sonic é fantástico em termos de personagem. Ainda me lembro de um dia entrar na falecida Mesbla e me deparar com um Sonic gigante se mexendo e tirando fotos com a criançada. Pirei muito. O ator fantasiado deve ter achado muito bizarro, mas na hora eu nem lembrei que era um ator!!!

    Acho que vale mencionar o Yoshi, também do Mario World, que é muito lindo e carismático também.

    Agora fico aguardando o post dos personagens humanos e robôs. ;)

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Yey! Mega post!
    Eu curti o Crash. O divertido era ficar tentando encontrar todas as caixas na fase para zerar o jogo.

    Hoje em dia acho que dá pra encontrar esses jogos do sonic adventure em versão pra pc. Bem que eu poderia dar uma olhada uma hora dessas.

    ResponderExcluir
  3. O Mario é o "the King" of videogames. Eu tive esse game do Donkey de 2 telas. Era super viciante. Pena que o destino do game é hoje incerto..

    Voce pode jogar Sonic Adventure 1 e 2 no emulador do DC fácil, fácil... para quem tem um bom computador. Eu ainda tenho o Sonic Adventure do DC mesmo.^^

    ResponderExcluir
  4. Você tem emulador de DC? Funciona legal?

    ResponderExcluir
  5. Eu até tenho, mas está parado. Testei com vários tipos, como Chankast e nullDC, mas o que foi com sucesso pra mim foi com o Makaron que funcionou bem pra mim, apesar de ainda ter alguns bugs, mas acho que deve ser por causa da minha máquina ou configuração. Segue um link para baixar os emuladores: http://www.snk-neofighters.com/modules/wfdownloads/viewcat.php?cid=182

    ResponderExcluir