3 de dez de 2010

J-Dorama (VII): Gokusen

Um dos maiores sucessos dos doramas nos últimos tempos, Gokusen é uma daquelas séries japonesas imperdíveis que, quem assistiu, vai deixar saudades. Mesmo tendo conteúdo “clichê” e de ficção, é um que deve marcar não apenas pelos personagens, mas sim pelas lições morais e de encorajamento, este, fato que me marcou mais.



A versão Gokusen para dorama segue no mesmo estilo de "Great Teacher Onizuka"; baseada na versão em mangá e animê e com atmosfera parecida com GTO, Gokusen conta a estória de uma professora linha dura, mas de bom caráter que sempre acaba sendo responsável pelas turmas 3-D de diversas escolas de ensino médio, onde tais turmas são as mais problemáticas. A professora Yamaguchi Kumiko (apelido: Yankumi) é neta de um dos chefes da família Oedo, com tradição da linha de Yakuzá,e é a natural sucessora dos negócios da família, mas que resolveu ingressar na carreira educacional. Claro, sendo educada na linha dos Yakuzás, Yankumi possui dialetos do gênero, e também, “pulso firme”. Entretanto, é bem avoada e não sabe disfarçar suas mancadas...

Cada temporada de Gokusen se passa em escolas diferentes, mas a turma é sempre a mesma 3-D com diferentes alunos problemáticos. As temporadas são meio independentes uma da outra com enredos super parecidos. Porém, recomenda-se, naturalmente, assisti-los em sequência. Por isso, é natural que a primeira temporada foi a mais marcante, porém, as temporadas seguintes não deixam de ser boas também.

Os personagens mais marcantes da série, listo abaixo:

- Professora “Yankumi” (Yukie Nakama); a grande protagonista da saga, além de ser professora linha dura, é uma ótima lutadora, que encara qualquer gangue que esteja ameaçando a integridade de seus alunos. A atriz que interpretou a professora ganhou ainda mais notoriedade com sua ótima atuação em Gokusen. Eu já era fã incondicional dela e seu destaque nas mídias japonesas com Gokusen foi enorme.

- Vice-diretor Sawatari Goro (Namase Katsuhisa); me diverti muito com o jeitão do personagem (destaque pelo cabelo dele), que foi indispensável pelo desenrolar do trabalho da Yankumi. O sucesso de Gokusen não se daria sem a atuação do ator, que por sinal, faz umas caretas hilárias.

- Sawada Shin (Matsumoto Jun); o líder do grupo 3-D da primeira temporada. Com jeitão de bonzão, mas de bom carisma, Shin foi o destaque da primeira temporada, que cativou muita garota telespectadora, claro, pelo ator também ser integrante da banda Arashi.

- Odagiri Ryu (Kamenashi Kazuya); um dos líderes da turma 3-D da segunda temporada. Ótima atuação, principalmente nos últimos episódios. Destaque por ser um dos integrantes da banda Kat-Tun e cantar um dos temas da segunda temporada.

- Yabuki Hayato (Akanishi Jin); outro líder da turma da segunda temporada e companheiro de Ryu. O ator também foi da banda Kat-Tun, mas se retirou em 2009.

- Kazama Ren (Miura Haruma); um dos líderes da turma 3-D da terceira temporada. O ator é também cantor da banda Brash Brats.

- Ogata Yamato (Takaki Yuya); outro líder-rival da turma 3-D da terceira temporada (Note que já começa a ser repetitivo). Ator-cantor da banda Hey! Say! Jump. Fez um tema para a terceira temporada.

Outro destaque é a família da Yankumi (aparece nas três temporadas), principalmente pela dupla Tetsu e Minoru, que dão ar comediana na série. As peripécias da dupla são bem divertidas.

É claro que não podia deixar de citar as músicas-temas. A primeira temporada é da banda V6, com “Feel Your Breeze”, a minha preferida. A segunda temporada é da banda D-51, com “No More Cry”, com outra música de destaque: “Kizuna” do cantor-ator Kamenashi Kazuya. Já a terceira temporada é da banda AquaTimez, com o sucesso “Niji”.

A série Gokusen possui três temporadas com especiais no fim de cada temporada. Não sei se cogita-se uma quarta temporada, mas se tiver, será bem vinda, mesmo que a fórmula esteja saturada. Enfim, acredito que essa versão “Live-Action” fez mais sucesso que a versão em animê. É um J-dorama mais que recomendado: imperdível.

Gokusen - “Feel Your Breeze”


Gokusen 2 -”No More Cry”


Gokusen 3 – Cena do “Goro-chan”

9 comentários:

  1. Olá Ocho! Se não falasse, nunca iria descobri que você é fã de Gokusen rsrsrs.
    Nossa, saudades dessa série. Mesmo sendo clichê, adorava ver os episódios. Mas ainda não assisti a terceria temporada e nem o filme. Nossa, e lembrei agora que muita gente famosa já foi aluno dela. Vamos ver ser lembro de alguns: Matsumoto Jun, Oguri Shun, Narimiya Hiroki, Kamenashi Kazuya, Akanishi Jin, Matsuyama Kenichi, Mizushima Hiro, Koike Teppei, Miura Haruma, Koide Keisuke, Hayami Mokomichi... nossa tantos astros. Parece até uma “Malhação”, versão nipônica rs. Tirando aquelas surras que ela dava em um bando de caras (incrível que ela nunca apanhava!), sua cara de boba quando via que estava falando sozinha, o melhor mesmo eram as suas lições de moral. Bem nostálgico!

    ResponderExcluir
  2. Será que não sou fã de Gokusen? rsrs. Bem lembrado. Gokusen foi meio que uma versão de "Malhação" japonesa. hehe. Concordo com sua opinião. mesmo com estórias repetitivas, as lições de moralidade eram o ponto forte da série. Brigado pelo comentário!

    ResponderExcluir
  3. Essa professora é a apresentadora dos Koukaku, né?
    A Chise já assistiu, mas eu ainda não vi. Ela tá me convidando pra ver o Iti Ritoru no Namida.

    ResponderExcluir
  4. A Yukie Nakama apresentou sim alguns KouHaku (era isso né?) =)

    "Um Litro de Lágrimas" é bom, mas já vou avisando: é bem DRAMA, de fazer chorar. Assistir agora é por sua conta e risco, hehehe.

    ResponderExcluir
  5. Hmm... parece legal mesmo! Engraçado como séries mais antigas são cativantes né?
    Vou colocar esse na minha lista também... Aliás, gostaria de pegar com vc a lista dos jdramas que vc recomendou este ano... XD
    E... apresentadora do kouhaku? Talvez eu a reconheça... Lá em casa o povo assiste todo ano, acho que desde que eu nasci... XD

    ResponderExcluir
  6. @Adriane: Se você clicar no link J-Doramas, vai ver a lista que recomendei desde que criei o blog. =)

    ResponderExcluir
  7. Olá Ocho! Fui dar uma espiada na sua lista de doramas, e assisti apenas 3 (das 7): Densha Otoko, Last Friends e Gokusen. Uma que estou na maior expectativa pra assistir é Code Blue. Só assisti algumas cenas (sem legendas), mas já foi o suficiente pra me deixar curiosa. Sem contar a presença do “cara galã bonzão” Yamapi rs. Estarei esperando ansiosa pelas próximas matérias sobre doramas.

    ResponderExcluir
  8. Code Blue é imperdível, mas se não gosta do gênero Plantão Médico não sei se vale a pena; Porém o Yamapi faz valer a pena né? =) (Pra mim valeu pela Yui Aragaki).

    Todos os Doramas que tenho assistido vou colocando minha opinião no blog. Vamos ver qual será o próximo. ^^

    ResponderExcluir
  9. Olá Ocho! Seu comentário me fez vir aqui de novo rs. Sabe que até gosto de assistir o gênero “drama médico”. Adorei as primeiras temporadas de Plantão Médico, Grey’s Anatomy... e pensando bem agora, descobri porque gostava tanto dessas séries rs. O que me atraiu em Plantão Médico era sem sombra de dúvida o pediatra Dr. Ross (George Clooney). Já em Grey’s Anatomy era o cirurgião Dr. McDreamy (Patrick Dempsey). Hahaha... acho que você entendeu porque vou gostar de Code Blue. Bem, agora chega de comentários. Deixarei para o próximo post. =)

    ResponderExcluir