15 de mar de 2012

Game Nostalgia: Out Run

Faz tempo que eu não postava algo em games nostálgicos. Na verdade, são tantos games clássicos que me marcaram que fica difícil eleger um por um pois há muitos realmente marcantes (pelo menos para mim), sucessos dos anos 80, 90 e 00.

Mas, enfim, para matar saudades (também em escrever algo do gênero), escolhi o game "Out Run", famoso jogo de corrida da SEGA e sucesso desde o final dos anos 80 e começou como uma máquina de fliperama. Depois, surgiram versões para videogames, começando com Master System e passando pelo Mega Drive, Game Gear e outros.
Você "pilotava" um carro vermelho conversível em companhia de sua namorada numa estrada longínqua e o objetivo era cruzar a linha de chegada no menor espaço de tempo possível não deixando o relógio zerar, e dependendo de seu percurso, o desfecho da linha de chegada era diferente um com outro. Você tinha que tomar cuidado para não bater nos veículos ou você perdia velocidade bruscamente e, principalmente, tomar cuidado para não bater nos obstáculos nas laterais das pistas ou você simplesmente capotava, jogando você e sua companheira para fora do carro, perdendo preciosos segundos.

Era engraçado o tamanho das curvas que a gente tinha que fazer. Pareciam intermináveis e seu carro sempre ficava derrapando, mas tentando manter a mesma velocidade como numa reta. Para os mais sensíveis, o jogo poderia causar vertigens. Para quem gostava de games curtos, Out Run era um dos mais curtos que já joguei. Você podia terminar o game em 5 minutos, se conseguisse cruzar a linha de chegada. Mas a curiosidade de ver todos os finais possíveis e ver todos os cenários do jogo faziam a gente jogar mais tempo. Mas mesmo que o jogador já "zerasse" o game, ele ainda continuava a jogar Out Run, porque, simplesmente, era bem divertido.

Era divertido também, graças a trilha sonora do game. As músicas de Out Run eram bem envolventes e faziam os jogadores dirigissem como se estivesse viajando de verdade em alta velocidade. Aliás, três músicas ficaram marcadas no game: "Magical Sound Shower", "Passing Breeze" e "Splash Wave". Em todas as versões do game, pelo menos essas três eram obrigatórias. E eu achando que eram músicas originadas do próprio Out Run... A minha favorita era "Passing Breeze". Fiquei tirando essa música "de ouvido" no teclado que acabei criando várias versões dela (não de forma profi, claro, não sou competente pra isso).

Graças a Deus, os emuladores estão aí já há um bom tempo para gente matar a saudade. E para quem tem um iPad ou um iPhone, existe um "clone" do game chamado "Final Freeway", onde o jogador dirige, controlando o dispositivo virando para esquerda e para direita, utilizando a capacidade do sensor de movimento.

Enfim, nostálgico, simples e divertido, principalmente para os fãs de games de corrida. :D

4 comentários:

  1. esse jogo ficou faltando na minha lista de games que queria jogar na infancia, rs.
    bons tempos de Mega Drive.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já jogava Out Run desde a época do Master System. :D

      Excluir
  2. É mesmo, você é fanzaço do Outrun. Não tive muito contato com ele na época, daí passou batido. Só me lembro de ter visto um simulador num shopping com metade de um carro e um telão na frente. Era massa. Ainda bem que existe MAME, senão isso ia ser perdido para sempre, já pensou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Out Run é clássico. E o MAME tá aí pra gente matar saudades. Mesmo que não tenha conhecido, vale a pena conferir.

      Excluir