1 de dez de 2014

Street Fighter: Assassin's Fist


Street Fighter: Assassin's Fist (Punho Assassino) é, com certeza, a melhor adaptação do game para o filme. Esqueça "Street Fighter, a Batalha Final" (mencionado aqui no blog) ou aquele filme secundário que fizeram com a Chun-li que nem me lembro mais do nome. A versão "Assassin's Fist" é a mais fiel em relação ao game. (Desculpem, só agora assisti a esse filme)

São vários motivos para elogiar o Assassin's Fist. Primeiramente, o enredo se passa com os dois principais lutadores do game: Ryu e Ken, no Japão dos anos 80 (e em flashback dos anos 50). Ryu e Ken são treinados pelo mestre Gouken para adquirir o aprimoramento da técnica "Hadou" desde crianças e então, sempre estão juntos para tal. Quem conhece a estória de Ryu e Ken, com certeza, não vai se decepcionar com o filme, pois segue praticamente o enredo original da Capcom.


O filme aborda bastante cenas de luta coreografada com precisão e utilizam bons efeitos especiais para os golpes hadouken e shoryuken, sem abusar demasiadamente. O elenco foi muito bem escolhido para seus papéis. Ryu e Ken ficaram convincentes no mundo real, assim como o Gouken (apesar de não parecer com o grandalhão original do game Street Fighter 4). Apenas o Gouki (Akuma) achei que ficou meio artificial, gostei mais do Gouki antes da sua transformação. A fala dos personagens mistura bastante entre o inglês e o japonês (este com legenda em inglês durante as falas nipônicas), o que deixa a sensação de mais originalidade no cenário do filme; afinal, se passa inteiramente no Japão.


ATENÇÃO, em itálico, CONTÉM UM POUCO DE SPOILER. Alguns detalhes das cenas foi bem interessante, como Ryu e Ken empolgados para jogar Mega Man 2 do Nintendinho, o motivo em que o Ryu deixa de usar a faixa branca na cabeça para usar a vermelha dada pelo Ken, os golpes de todos os lutadores, incluindo as de Gouki (como a Raging Demon que mata o mestre de Gouken e Gouki), o porquê do kanji escrito atrás da roupa de Gouki, a menção rápida de "Dan" dita pelo Ken e assim vai. Senti falta de uma personagem lutadora feminina, apesar da aparição de uma personagem não-lutadora chamada Sayaka (por sinal, gatinha ^_^).

Uma pena que não mostrou os outros lutadores dos games, como a Chun-li, a Cammy e o Bison, por exemplo, mas aí acho que ficaria bagunçado demais e não focaria na estória de Ryu e Ken. Por isso, o enredo foi muito bem adaptado e praticamente original como os fãs queriam.

Filme obrigatório para quem conhece a saga Street Fighter. Cinco estrelas com louvor.




4 comentários:

  1. Aaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhh não tem a Chun-li... T___T (sou frustrada com todas as versões que vi dela até agora)
    Mas parece bom esse filme, adoro versões mais fiéis aos originais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teve horas que eu tava "tentando" fazer um hadouken durante o filme, kkkk

      Excluir
  2. Isso era um filme de verdade? Quando via no youtube achava que era mais um fanclip.
    Vamos ver se acho com legendas em português pro meu Bro assistir também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A princípio a ideia era pra ser um filme de fãs, mas acabou dando certo para ser um filme com licença da Capcom. Tem até em BlueRay.

      Excluir