22 de jul de 2011

J-Dorama (XIV): Dragon Zakura

Clássico que é clássico não pode deixar de ser assistido. Este foi sugestão da Cacá (blog "The Doramas"); muito bem escolhido.

Envolvendo cenário estudantil, Dragon Zakura conta a estória de um advogado chamado Sakuragi Kenji (Hiroshi Abe) e seu trabalho numa escola japonesa de ensino médio. Sakuragi, que já foi um membro de uma gangue, tem uma personalidade forte e se mostra frio às outras pessoas. Sem dinheiro, ele tenta reerguer a escola, quase falida e famosa por não ter alunos bons, tentando orientar alguns alunos a estudar para passar no vestibular da Universidade mais prestigiada do Japão, a Universidade de Tóquio (Toudai). Com sua ambição e seu método de ensino, Sakuragi, quer que no primeiro ano, 5 alunos entrem na Toudai; no ano seguinte, 10 alunos e assim por diante. "Se vocês quiserem mudar as suas vidas, entrem na Toudai!", diz ele. Com isso, criou uma classe especial em que os alunos ficam confinados nos estudos, estudando com professores que possuem métodos de ensino um tanto "fora do padrão", e mesmo nos momentos em que não estão nos livros, os alunos devem, a toda hora, ficar memorizando fórmulas e teorias. Para criar um símbolo dessa luta, Sakuragi plantou uma sakura no pátio da escola (que se chama Ryuzan). O nome Dragon Zakura refere-se justamente à cerejeira plantada na escola de nome "Dragão" em japonês, "Ryu".

Para essa classe especial, tem-se um grande elenco formado por 6 alunos, entre eles, Yajima Yusuke (Yamapi, em Code Blue, Nobuta wo Produce), Mizuno Naomi (Nagasawa Masami, em Last Friends) e Kosaka Yoshino (Aragaki Yui, em Code blue, My Boss My Hero), além da professora "escrava" de Sakuragi, Ino Mamako (Hasegawa Kyoko).

Um destaque do dorama é o elenco forte. Abe Hiroshi, como protagonista, que tem uma boa atuação sendo o "advogado-professor do diabo", além dos atores citados acima.

Mas creio que o grande destaque de Dragon Zakura mesmo é o seu contexto, onde mostra as lições de sacrifício, luta, perseverança e maturidade com objetivo de conquistar suas realizações (no caso, conquistar uma vaga na Toudai).

A música de abertura é do grupo Melody com "Realize", e claro, não podia faltar uma música de inserção do Yamapi, com "Colorful".

Dragon Zakura é um dorama rodado em 2005. Possui 11 episódios no total.

5 comentários:

  1. Hahaha que legal Ocho, você assistiu mesmo “Dragon Zakura”! Por ter um elenco que você já conhece e adora (leia-se Nagasawa, Gakky e, é claro, o “bonzão” rs), achei que iria gostar de assistir ele. O Abe Hiroshi está excelente no papel. Esse dorama foi um dos primeiros que assisti e não conhecia nenhum dos atores na época, com exceção do Yamashita que tinha visto antes em “Kurosagi”.

    E como você bem lembrou, o grande atrativo desse dorama é o seu contexto, o crescimento pessoal de cada um deles ao longo dessa jornada cheia de obstáculos. A discriminação até dos familiares desses alunos, que não acreditam que eles chegariam tão longe. Nossa, deu até vontade de rever esse dorama. Bjuss

    ResponderExcluir
  2. Mestre da Cotovelada22/7/11 18:48

    Dragon? Só ser for o Double....

    ResponderExcluir
  3. Olá, Cacá. O contexto do dorama foi o que mais me chamou a atenção mesmo. A superação dos estudantes diante da discriminação da própria família foi marcante.

    Nesse dorama, por incrível que pareça, achei a atriz Hasegawa Kyoko (a Ino-sensei) mais charmosa que a Masami-chan e a Gakky. Aliás, a Gakky pelo jeito fez plástica no nariz para os doramas seguintes. Nesta, ela ainda estava com um nariz mais achatadinho, hehehe.

    O "bonzão" continua o mesmo físico em "Nobuta", mas mudou bem quando chegou em "Code Blue".

    ResponderExcluir
  4. E aí, esse é recomendado mesmo pra mim que não sou tão fã de dorama?

    ResponderExcluir
  5. Kodi: se curte doramas estudantis, esse é mais um recomendado sim!

    ResponderExcluir