6 de set de 2015

Controles Genéricos vs Controles Originais vs Controles Logitech


Depois que me cadastrei na Steam (loja online de games, estilo PSN), comecei a jogar com mais frequência, games para PC, e eu já tinha um controle "genérico" da marca "Leadership" que imita o design de um controle do Playstation 2. Ele serviu bem para certos jogos até um determinado momento, porém depois começou a dar problema de resposta em um dos botões quando aí necessitava pressionar com mais força para responder o comando, além de que o direcional digital era muito duro, mas servia ainda, pois o direcional analógico podia substituir o digital.



Assim que comprei alguns jogos de luta, como o "Ultra Street Fighter IV", senti que tal controle da Leadership não dava mais para usar e então acabei indo a uma loja de informática dentro de um shopping. Aí começou o meu erro: em vez de ter ido a uma loja de games, que era especializada somente nisso, eu ignorante, fui pesquisar um outro controle genérico achando que eu teria mais sorte e comprei um outro da "Dazz", indo na onda do vendedor da loja dizendo que a marca Dazz é melhor que Leadership e Multilaser (bom, nunca gostei da Multilaser mesmo). Paguei barato, mas o barato acabou saindo caro, pois em poucos dias, o botão do direcional digital para baixo também sofreu o mesmo problema do botão do meu controle anterior, ou seja, teria que apertar com mais força para funcionar, apesar do direcional desta ser mais macio; entretanto, a frustração foi grande.

Com o cadastro meu na Steam, acabei experimentando mais alguns jogos, mas por enquanto, estou mais nos estilos de beat en up (briga de rua side scrolling) ou fighting vs (um contra outro) e um bom controle seria essencial. Aí acabei pesquisando melhores controles de PC atualmente e vi algumas possibilidades:



- Um controle do X Box 360 com fio que é compatível com PC diretamente - plug and play (problema é que me falaram que o controle do X Box 360 com fio pode começar a ter engasgo nas respostas com o tempo);


- Um controle do X Box 360 sem fio que só é compatível com adaptador USB (problema do sem fio do X Box 360 é usar pilhas em vez de baterias, aí teria que comprar também um kit de bateria com carregador para poder carregar o controle sem precisar tirar a bateria do mesmo);



- Um controle da Logitech com fio também plug and play  (problema é o preço apesar de ser um dos melhores controles do mundo);



- Um controle do Playstation 2 ou 3 (problema óbvio dos controles oficiais da Sony é ter que fazer um monte de gambiarra, adquirindo conectores para PC e baixar softwares não licenciados para poder emular no PC com controle da Sony e mesmo assim não é garantia de boa funcionalidade).



Mas uma coisa já era certa: controles genéricos comprados de lojas de informática NUNCA MAIS, mesmo sendo mais baratos. E pensando bem sobre as opções acima, acabei me arriscando a pesquisar um controle do X Box 360 com fio, porque como vai ser para PC, não há necessidade de adquirir um sem fio pagando mais por isso e ainda tendo que ter saco pra ficar carregando ele (e mais saco ainda se eu não comprasse a bateria com carregador específico para controle, pois eu teria que tirar as pilhas recarregáveis e carregá-las na tomada toda hora). As outras opções eu descartei, com exceção do controle da Logitech, pois caso eu queira ter uma melhor experiência em games, tais da Logitech são uma das melhores opções que superam até os originais.

Por enquanto, estou satisfeito com o controle do X Box 360 com fio, as respostas são rápidas, os botões são macios e a impressão é de um controle um pouco mais robusto. Vamos ver o quanto vai aguentar. Claro, paguei o triplo do valor de um controle genérico, mas como dizia aquele famoso velho ditado "O barato pode sair caro", e realmente vale muito nesse caso.

4 comentários:

  1. É, controle bom só os das grandes empresas de games, o resto é dinheiro jogado fora.
    Apesar de você citar como gambiarra usar os controles de playstation no PC, essa foi a minha alternativa por todos esses anos. Eu só precisei comprar um cabo simples adaptador que veio com um CD de instalação de um driver. Sempre funcionou perfeitamente pra mim.

    Vou comprar mais um controle oficial de PS3 e depois penso em um daqueles de arcade que a gente viu igualzinho o dos fliperamas de antigamente. O problema é espaço pra guardar aquele trambolho... Eu sei que existem controles assim mais compactos e de qualidade perfeita, mas pra importar agora, convenhamos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei nessa possibilidade de um joystick do Playstation, mas descartei por dois motivos: não tenho mais controle de Playstation (vendi meu PS2) e teria que comprar outro. Outro seria que como a Steam tem quase 90% de gamers usuários de Windows, muitos jogos estão adaptados para menu do controle do X Box 360 ou X Box One, então, a customização fica muito mais fácil com um da Microsoft.

      Controle Arcade por hora não penso mais em adquirir por falta de espaço e dimdim, mas quem sabe no futuro distante (distante mesmo por causa da alta nos preços).

      Excluir
  2. Por enqto só tenho jogado joguinhos no iPad e line...sem controles...mas concordo com vc que o barato sai caro...lembro q o q judiava e quebrava o controle do atari era qdo jogava decathlon...talvez eu devesse comprar um PlayStation como minha cunhada q disse q era para desestressar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcas genéricas em sua grande maioria são um grande erro. O melhor mesmo é investir em um mais caro, mas de melhor qualidade.

      Excluir