13 de mai de 2018

Filme: Deadpool


Na véspera de chegar a sequência "Deadpool 2" a partir desta data do post, resolvi assistir o primeiro filme desse clássico anti-herói da Marvel só agora. Eu não cheguei a ler os HQs dele na época, mas eu conhecia esse jeito do cara ser piadista sarcástico, que por sinal, conquistou o público expectador por ser um anti-herói debochado fugindo dos clássicos heróis bonzinhos e vilões malignos.

Não vou fazer aquela manjada comparação entre versões HQs e filmes, ainda mais que não sou conhecedor das estórias de Deadpool, por isso, só vale uma breve opinião minha desta versão cinematográfica lançada em 2016. Para quem não conhece o personagem, o filme mostra sua origem e como o mercenário Wade se tornou o mutante habilidoso Deadpool, com direito a fator de cura iguais as do Wolverine e do Lagarto.


Efeitos especiais, incluindo visuais e sonoros, já estão praticamente perfeitos, apesar de muito exagero nas explosões e destruição, especialmente na parte do navio; já são marcas registradas para qualquer filme de super-herói. O elenco foi bem escolhido para seus respectivos papéis e suas atuações são boas. O enredo é bom para o gênero, apesar de ser clichê, com boa dose de humor e tiradas sarcásticas por parte de Deadpool, com aparições de Colossus e uma mutante aprendiz que não conheço que fica sempre ao lado do Colossus. Porém, é um filme relativamente violento que não é recomendado para crianças e adolescentes, com muita decapitação, tiros a queima roupa e um humor negro que pode não ser do agrado de muita gente.


Well, comprei o filme na Google Play em promoção por metade do preço normal, mas acho que eu devia ficar só no aluguel mesmo assim. No final, em geral o filme é regular, não é bom, mas não é ruim. Minha breve opinião.



2 comentários:

  1. Não pretendo ver o 2.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O 2 eu quero ver pq tem o Cable e a X_Force, mas só qdo sair na Google Play. Não pretendo ver no cinema.

      Excluir