14 de ago de 2009

O Lado Bom da Gripe Suína


Essa "paranoia" da gripe suína (Gripe Influenza AH1N1) pelo país inteiro tem uma certa explicação. O Brasil já atingiu como o 3o. maior número de mortes provocada pela tal gripe (1o. é os EUA e 2a. é a Argentina). As escolas das regiões Sul e Sudeste recomeçaram as aulas, em média, duas semanas após o período de férias escolares para prevenção contra uma grande epidemia da gripe entre as crianças (um dos grupos de maiores riscos, ao lado das gestantes e dos idosos).

O fato é que agora temos mais uma gripe "a ser convivida", e em países "em desenvolvimento" como o Brasil são os que mais sofrem, devido a vários fatores, que nem preciso comentá-las aqui...

A prevenção é a mesma contra a gripe comum: higienizar bem a frente e as costas das mãos, não pôr as mãos em lugares públicos onde se costumam tocar, tomar bastante água, fazer gargarejos constantemente, alimentação adequada, arejar bem os locais e assim vai. Agora é bem comum usar álcool-gel a cada momento, tanto que até têm tido falta desse produto nas farmácias e supermercados, e quando têm, seu preço está lá nas alturas (ganância dos revendedores, atravessadores...).

Mas pelo menos tal fato, assim como a Atual Crise Mundial, fez com que o ser humano tivesse que mudar seus comportamentos. No caso da gripe suína, nos trouxe os velhos hábitos de higiene, que na teoria, todos nós já sabíamos, mas que na prática era outra história. Agora as pessoas têm se preocupado com a saúde e em vários estabelecimentos e restaurantes já têm álcool-gel a disposição ao usuário, alguns banheiros agora têm sido limpados frequentemente ao longo do dia, bebedouros são substituídos por galões de água, com copos descartáveis, etc... Nas escolas, professores têm ensinado às crianças sobre a importância da higienização e da cultivação de tais hábitos.

É..., tem que aparecer uma nova ameaça, como a gripe suína, para que o ser humano aprenda a se cuidar, isto é, como não aprende "no amor", tem que aprender "na dor".

10 comentários:

  1. Nossa, isso tá uma paranóia geral mesmo! Agora eu pergunto pra todo mundo: "e por aí, como tá a gripe suína? alguma ocorrência?" Ela começou se propagar aqui através de viajantes, em geral a classe média... Imagine a hora que a atingir a grande população... E com o "excelente" sistema de saúde pública que temos aqui.. Por ora o que podemos fazer é seguir as recomendações.. XD

    ResponderExcluir
  2. Ow, você me lembrou de um vídeo que fiquei de postar sobre o assunto.
    Tem alguém da sua família do grupo de risco?
    Aqui em SP a coisa tá feia, nem dá vontade de sair nas aglomerações.

    ResponderExcluir
  3. Grande Elton, beleza? Então irmão, aproveitando o ensejo venho aqui lhe dar a péssima notícia do falecimento há uma semana atrás da aluna Daniela Ueno, que se formou no terceiro ano de 2008, uma garota bem japonesa, gordinha e muito simpática, lembra-se dela? Então, barra viu.
    Também vim pedir para vc ver em meu blog como a situação dos desabrigados está piorando aqui, fiz fotos inacreditáveis para os padrões do Japão em Nagoya. Além de tudo tem a sujeira também, a cidade está imunda cara, é de chorar viu, por tudo.
    Abração e manda um super abraços para todos de sua família, especialmente para a "nossa" mãezona aí!

    ResponderExcluir
  4. Só lembrando, a Daniela faleceu por causa da Gripe Suína aí no Brasil, em São José dos Campos.

    ResponderExcluir
  5. No dia 25/06/09, publicamos no blog a informação que o Japão atingia 1.000 casos sobre a gripe. A matéria foi tão irrelevante que nem sequer recebeu um comentário. Mostramos matéria como as autoridades japonesas estavam preocupadas com a questão. Mas o mundo virtual “lulastíco” parecia inatingível. Isso porque o Japão registrou neste primeiro final de semana o primeiro caso de morte. E se querem saber, os cuidados obviamente continuam, mas por aqui o que mais fizemos neste final de semana foi passear. As empresas na semana passada dispensaram os funcionários para o tradicional “Obon”, uma semana de férias. E todos os pontos turísticos, abarrotados de gente. A neura da gripe, aqui inexiste. Fomos para o Monte Fuji, Odawara, Hakone e Hadano, e todos preocupados com o lazer. Alienação? Ou prevenção?

    ResponderExcluir
  6. De fato, essa mudança de hábitos é o lado positivo da gripe.

    ResponderExcluir
  7. Tudo tem um lado bom. Mas que há uma certa manipulação de informação e que foi planejado provocar uma certa histeria coletiva, isso foi. Tem que comparar essa gripe com a gripe normal que mata muita gente todo ano. Enfim.

    Eu adorei essa parada da lavação de mãos, e me fez lembrar muito a história da peste negra na Europa. Como descobriram um jeito dela parar de se alastrar?

    Não foi com o flautista.

    É que descobriram, em uma vila onde todo mundo tinha morrido, uma menininha sobrevivente. Uma menininha que tomava banho todos os dias num riacho.

    É bem por aí.

    ResponderExcluir
  8. Dados divulgados pela mídia japonesa e brasileira do Japão confirmaram hoje a morte da segunda vítima fatal da nova gripe. Cerca de 5.000 (cinco mil) pessoas contaminadas no Japão e, duas mortes. No Brasil, segundo li hoje por aqui, são 3.640 casos confirmados e 342 mortes. Os números confirmam que: a falta de política para a saúde pública, a educação ineficaz, a morosidade das autoridades e o descompromisso por parte de setores da população geram este número exagerado de mortes.

    ResponderExcluir
  9. Caramba, Flô! É verídica essa história da menininha? Mmmmto legal.

    ResponderExcluir
  10. Sinceramente, nao vejo lado bom nenhum nessa gripe... ¬¬. E depois que essa gripe acabar? O que vai acontecer? Tudo vai voltar a ser como era antes, e o ser humano não vai continuar com esse hábito, ver pessoas morrendo, nao é bom !

    ResponderExcluir