12 de abr de 2010

Vamos fazer uma vaquinha?

Desde 1963, o Lar Escola Dr. Leocádio José Correia, vem prestando expressivo serviço à comunidade curitibana. A partir de 1972 iniciou o atendimento a crianças carentes. Em 1979 mudou sua sede para a Rua José Antonio Leprevost no bairro de Santa Cândida onde chegou a atender 450 crianças.

Com o objetivo de buscar, junto à comunidade, a expansão de suas atividades no sentido de atender um maior número de crianças e ampliar a faixa etária, o arquiteto Ely Loyola Borges Filho desenvolveu e doou à instituição um projeto arquitetônico que visa garantir ao Lar Escola instalações com plena capacidade para cumprir essa finalidade.

A proposta curricular do Lar Escola Dr Leocádio José Correia é por sua natureza aberta e baseada fundamentalmente no princípio de que a escola não se caracteriza por um espaço físico limitado,mas sim pela renovação e ampliação seqüencial da construção do conhecimento,configura-se em toda a sua extensão como flexível e voltado para um processo educacional evolutivo e construtivista em seus aspectos de ensino e aprendizagem.

Em sua filosofia atenta-se, em todos os momentos, para a promoção, a preservação e a valorização da vida com o intuito de conduzir o educando ao autoconhecimento e ao auto equilíbrio. Tem como objetivo maior promover em cada educando o desenvolvimento de uma consciência crítica e ativadora do seu próprio processo de aprendizagem, trazendo-lhe instrumentos educacionais para o gerenciamento do seu dia-a-dia e para o exercício consciente da cidadania .

O projeto compreende três blocos, onde estarão instalados, no primeiro, a administração, cozinhas e lavanderias; no segundo, o berçário e, no último a pré-escola. Tendo estudos para posterior ampliação da faixa etária.

Trata-se de uma iniciativa solidária, de interesse de toda a comunidade curitibana, para a qual gostaríamos de contar com sua colaboração, seja através de doação em dinheiro, em material de construção ou em equipamentos que possam vir a garantir, brevemente, um futuro mais digno para centenas de crianças carentes.

Texto extraído do site: http://www.vaquinha.org.br/

Veja mais no link e no vídeo ao lado.

2 comentários:

  1. Um exemplo de cidadania e iniciativa voluntária sem esperar que o Estado neoliberal o faça. Aliás, cobra-se deste Estado, mas, esquece-se que o neoliberalismo é um sistema que transfere boa parte dos recursos públicos e coletivos para viabilizar negócios da iniciativa privada. O ciclo se complementa quando o setor privado transforma até mesmo as necessidades básicas em mercadoria. As ações assistencialistas entram em cena. Não resolve, mas, ameniza.

    ResponderExcluir
  2. Isso me lembra aquela festa junina que a gente foi nessa facul. Não me esqueço que a pipoca estava chocha.

    Infelizmente não tenho nada para doar agora. Estou mais é aceitando.

    ResponderExcluir