23 de fev de 2013

Animê: Sword Art Online


Sword Art Online é baseado numa light novel. E com a popularização de games estilo MMORPG (Massively multiplayer online role-playing game), a base do animê Sword Art Online é centralizada nesse tema. No entanto, num futuro não distante, os MMORPG já são conectados com uma espécie de capacete e o esquema do game é totalmente virtual, dispensando controles físicos, fazendo com que o jogador simule seu personagem no mais real possível, como se estivesse no mundo real; uma espécie evoluída do extinto "Second Life". O cenário é uma espécie de época medieval envolvendo lutas com espadas, arcos, flechas e magias; bem estilo "Senhor dos Anéis".

Nosso personagem chama-se Kirigaya Kazuto, ou simplesmente, Kirito, um jovem experiente em games MMORPG e "beta-tester" do game "Sword Art Online". No entanto, o criador do game resolve "prender" todos os jogadores no mundo de Sword Art Online, impossibilitando dos mesmos saírem do jogo (fazerem logout) e isso inclui também o Kirito. A partir daí, Kirito começa a progredir no game, enfrentando inimigos e conhecendo colegas e companheiros no desenrolar do animê.


No começo da história, me lembrou um pouco um momento do filme Matrix, quando Neo colocava aquele "tubo" para entrar na Matrix, hehe. E, bom, nem comento mais sobre conteúdo violento e erótico. Afinal, todo animê que se preze há alguma dose disso. Já sobre a estória, ela é envolvente, e o expectador, em muitas vezes, nem sente que o Kirito está num ambiente virtual, a não ser quando ele acessa o menu do game no ar. No desenrolar do animê, Kirito adquire mais habilidade tornando-se o "fod**" da história, mas com um bom carisma.

Um dos principais atrativos da saga estão nos personagens, apesar de alguns aparecerem bem pouco. Podia ter uma curta saga só com os personagens mais simpáticos, como a Suguha (Leafa) e a secundária Silica-chan.


Outra boa opção de animê a se ver. Possui 25 episódios no animê, até agora, pois em light novel, a saga é mais longa.

4 comentários:

  1. Tem toda razão, o carisma dos personagens fez valer mesmo o pouco tempo de aparição deles. E que maestria em deixá-los simpáticos! Quero ler a próxima light novel!

    Queria ver mais também das duas líderes Sylph, Cait Sith (Sakuya e Lu) e da Lisbeth.
    Quem sabe nas outras continuações, né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saindo uma continuação de SAO em animê, não vou perder não.

      Excluir
    2. Ah é, essa imagem do grupo está legal. O Kayaba do lado direito fazendo V tá engraçado. Eu dispensava o outro vilão esculachado do lado esquerdo.

      Excluir
    3. O vilão chato de galoche eu também dispensava.

      Excluir