7 de abr de 2017

Game Nostalgia: The GG Shinobi (Game Gear)


Sim, eu tive um Game Gear na época também, mas acabei comprando-o numa viagem que fiz aos Estados Unidos quando eu era adolescente, porque aqui o Game Gear era caro demais. E olha que eu gostava mais do Game Gear do que o Game Boy, mesmo com as pilhas acabando direto... mas eu jogava plugado numa tomada, então, não havia muitos problemas, mesmo dependendo de uma tomada por perto. Bom, não cabe aqui falar do Game Gear, e sim, do jogo GG Shinobi feito apenas para Game Gear e não houve porte para o Master System; daí as siglas GG antes.

Com o sucesso da fórmula do jogo "Revenge of Shinobi" para Mega Drive, a Sega resolveu fazer mais ou menos um Shinobi parecido para Game Gear, mas com a limitação de capacidade do aparelho em relação ao Mega Drive, claro que houve diversas diferenças no jogo. Na versão para Game Gear, o jogador controla cinco ninjas diferentes, no melhor estilo "Power Rangers" dos ninjas, pois cada ninja possui uma cor diferente em alguns detalhes nas roupas: vermelho (espada), verde (shurikens), azul (corrente), amarelo (magia) e rosa (bombinhas). Mas no início, o jogador tem apenas o ninja vermelho a disposição e cada fase que vai avançando e derrotando os seus respectivos chefes é que vai adquirindo os outros um por um. Por isso, aqui, o jogador escolhe as fases que quer jogar primeiro, mas terá que saber com qual ninja é melhor para cada tipo de fase, e muitas vezes, escolhendo o ninja errado numa determinada fase, o jogador pode não conseguir completar a fase ou pode até completar, mas sem poder pegar um item de aumentador de barra de energia, o que vai precisar e muito para a fase final do jogo.


Por isso, esqueça conseguir terminar o jogo de primeira. Jogar GG Shinobi sem usar os save states é difícil e não irá conseguir chegar no final com poucas jogadas. Cada vez que você morre, as magias (ninjitsus) acumuladas são perdidas e essas magias são muito preciosas na base secreta. Você terá que conhecer as fases primeiro para depois nas jogadas seguintes e utilizar a ordem correta dos ninjas para suas respectivas fases. Esse é o primeiro desafio do jogo, mas as dificuldades continuam, pois há inimigos chatos e se o jogador encostar no inimigo, também perde life, além de buracos, precipícios e os famigerados espinhos. Mas o verdadeiro desafio do jogo é a base secreta do chefão final, do clã Neo Zeed do jogo "Revenge of Shinobi" para Mega Drive. Essa base secreta é cheia de salas com labirintos e armadilhas e aqui também vale utilizar cada ninja certo para prosseguir de sala em sala. Ah, na época, consegui terminar o jogo no Game Gear no suor mesmo, mas foi bem divertido.


Graficamente falando, Game Gear praticamente tem a mesma engine do Master System, com uma palheta de cores maiores que seu irmão mais velho, e GG Shinobi tem gráficos muito bons para a época e limitação de hardware. O som é bom, e as músicas são ótimas, claro, compostas por Yuzo Koshiro, uma das lendas musicais dos games da época. Até a música dos chefes, que é a mesma da versão do Mega Drive, ficou legal. Sobre a jogabilidade, só tenho a reclamação do pulo duplo do ninja verde, pois muitas vezes, o segundo pulo falha e eu acabo morrendo por causa disso... Uma pena mesmo que não teve um game de Shinobi assim para o Master System (pois acho que nessa época, a Sega do Japão já estava encerrando o Sega Mark III, que é o Master System original japonês e ficou focando mais no Mega Drive). Eu recomendo muito bem esse jogo para quem curte o estilo plataforma da época.






Nenhum comentário:

Postar um comentário